terça-feira, 27 de maio de 2014

COPA DO MUNDO

Minha filha Camille, me surpreendeu e emocionou com um belo texto sobre a copa do mundo no facebook dela que transcrevo aí abaixo e envio o link da postagem
Beijo, minha filha  Parabéns
  Eduardo



   Aos meus queridos filhos,

Gostaria que vocês soubessem, há poucos dias para o início da Copa do Mundo no nosso país, como me sinto penalizada por vocês. Me lembro com muita nostalgia e alegria das minhas primeiras “participações” em Copas do Mundo.

Em 1982, apesar de ainda não compreender bem a grandiosidade e o significado deste mega evento, me recordo de juntamente com a minha mãe, enfeitar a casa com desenhos e bandeiras do Brasil, dias antes da nossa grande estreia. Vibrei, torci e depois chorei, chorei e chorei muito com a nossa derrota. Não entendia bem porque eu deveria chorar tanto, mas vendo a minha mãe chorar e o meu pai de cabeça baixa, talvez chorando escondido para não demonstrar fraqueza, acabei percebendo que chorar seria o certo a fazer naquele momento. Acho que foi neste dia que senti pela primeira vez o gostinho de ser Brasileira. Foi um dia triste, mas sabe, foi tão bom sentir aquele gostinho...

Depois veio a Copa de 86, me lembro de sair com o uniforme da seleção para todos os cantos e também de quase “furar” um disco de vinil comprado pela minha mãe, com o tema da nossa seleção na Copa do México, de tanto que eu ouvia! De novo vibrei, torci, chorei, chorei e chorei... e assim foi em 90 também.

Porém, apesar das derrotas, cada vez me sentia mais brasileira e tinha mais orgulho do meu país! Éramos um povo unido, esperançoso e tão alegre que não havia gringo no mundo inteiro que não se contagiasse e não nos reverenciasse por nossa alegria!

Enfim chegou a Copa de 94 e ali eu já era a mais brasileira das brasileiras! Dois anos antes, no auge dos meus 18 anos, havia me pintado das cores da nossa bandeira e saído às ruas com muitos amigos para exercer minha cidadania pedindo o Impeachment do então Presidente Collor.

Vocês não têm ideia do que foi presenciar e comemorar a vitória da Seleção Brasileira em 94, depois de ter passado, praticamente dois anos inteiros, vestida e pintada de verde e amarelo!

Infelizmente, hoje, há pouco mais de duas semanas para o início da Copa no Brasil, não vejo vocês, meus filhos, empolgados; motivados e emocionados com o que deveria ser uma super festa com direito a muito verde e amarelo na “nossa casa”.

Nosso país está triste, sem cor e nossa gente sem esperança...
É uma pena, mas o sentimento é legítimo!

Por isso peço a vocês: Defendam sempre o nosso país e os que aqui vivem com dignidade. Não tenham vergonha de vestir as nossas cores nunca, elas são lindas e devem nos representar! Jamais sejam indiferentes aos problemas do país e ao sofrimento do nosso povo, mesmo que vocês não sejam afetados diretamente, porém, não falem mal ou difamem o Brasil, isso seria o mesmo que difamar a escola ou universidade onde vocês estudam ou venham a estudar, ou seja, “um tiro no pé”! Repugnem toda e qualquer atrocidade que venha a ser cometida contra este Gigante. Torçam pela nossa seleção e não deixem que a nossa alegria morra!

E por fim, assim que puderem, expulsem daqui políticos corruptos e inescrupulosos que não dão educação para o povo porque a eles interessa a ignorância dos brasileiros para que possam seduzi-los com suas políticas assistencialistas. E no futuro, quando aprenderem, ensinem para nós adultos de hoje, porém jovens e inexperientes neste sistema que nos rege, a utilizar a grande arma da Democracia: o voto!

Espero poder aprender mais isso com vocês meus filhos!


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10203701708882528&set=a.1485447255445.2067080.1211814653&type=1&theater&notif_t=like