segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Deu "bode"

Ontem, em Recife, eu comi o bode do Everaldo Farias , nosso amiguinho daqui do blog.  Segundo o Everaldo, o melhor bode de Pernambuco.
  O problema todo é que depois de comer o bode do Everaldo, fiquei no maior "bode". Pra aqueles que não sabem o que é ficar no "bode", perguntem por qualquer carioca descolado o que significa isso. Um sono danado, um barrigão danado mas profissional é profissional. Lá fui eu , bodeado, passar o som no Chevrolet Hall , a casa de show de Recife onde o RC se apresentou nos ultimos tres dias. Eu passei a tarde toda, depois do almoço, "conversando" com o bode do Everaldo. Perguntei a ele antes se tinha alguma cabritinha pra comer e ele disse que não...tinha que ser o bode do Everaldo. Depois de passar o som (sound check) com a banda , voltei ao hotel rapidinho pra tomar um banho, trocar de roupa , botar meu terninho...afinal , eu estava com cheiro do bode do Everaldo.
  À noite na hora do show, deu problema no som....provavelmente por culpa do bode do Everaldo.
 O Roberto parou o show por 30 minutos por motivos técnicos(som) e deu o maior "bode"
 Bem, enfim, todos se salvaram , apesar do bode do Everaldo. Grande cara o Everaldo...gente muito fina, acima de tudo um gentleman. A foto aí foi logo depois do bode....perdoem se a foto não ficou boa....mas a maquina era do dono do bode. Obrigado, Everaldo
Abração
Eduardo Lages