quarta-feira, 16 de junho de 2010

A Simplicidade de um Rei


Amigos, transcrevo pra voces, a sinopse elaborada pela Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis,apresentada hoje numa reunião da qual participei. Essa sinopse será enviada a imprensa e aos compositores de samba enredo que participarão do concurso para a escolha do samba da escola.
Abraço a todos do maestro aqui já todo enrolado com tanto trabalho a fazer;
Terminar DVD "Emoções Sertanejas" , meu CD , CD em espanhol do RC, shows e ainda tendo que torcer para uma seleção sem Ronaldinho Gaucho, Neymar e Ganso. Brasileiro e flamenguista sofre.....ainda bem que Ronaldinho vem aí...pro mengão.

Eduardo


BEIJA – FLOR DE NILÓPOLIS

Me leva meu sonho em viagem, por uma estrada colorida, onde o tempo pede passagem e carrega, em sua bagagem, as lembranças que eu trago da vida.
E lá vou eu, bem longe, além do horizonte, vivendo esse momento lindo, a reconstruir meu castelo de sonhos entre emoções, como quem chora sorrindo.
Olha dentro dos meus olhos e vê quanta lembrança que na distância do tempo guardei. Ah! Como o tempo passa, é como se o trem que me trouxe, voltasse e dissipasse a fumaça, e eu então retornasse pras coisas que eu deixei.
Meu pequeno Cachoeiro, essas terras entre as serras, doce terra onde eu nasci, te confesso, você é a saudade que eu gosto de ter, e que mora pra sempre em mim; é como sentir você bem perto, é como estar desperto pra ver tudo igual como era antes, que nada se modificou, e ouvir de novo as águas cantantes do meu Itapemirim.
E é assim que o pensamento voa, vagueia assim, à toa, e até parece que eu voltei... Voltei a ser criança, a ser “Zunga” outra vez. Ah! Sentimento bem vindo... Vejo o meu cachorro me sorrir latindo, estou em frente ao portão, eu voltei, pra viver o sonho mais bonito que um dia alguém já sonhou, e sentir que o sol que atravessa essa estrada jamais se apagou.
Me vejo menino, correndo aos braços de minha mãe, pro seu abraço, e no carinho e afago, me envolver num laço, e adormecer, como sempre eu fazia. Olhar meu pai, e seus cabelos brancos, seu rosto marcado, a disfarçar o cansaço com um sorriso franco das verdades da vida e ouvir as suas histórias, lições que me fizeram crescer e, do jeito simples a esconder as dificuldades, tentando encher minha vida de fantasia ao enfeitar as coisas que eu via.
Ah! Quem dera... Poder fazer desse tempo, uma eterna primavera, desabrochar em flor pra sempre, o flamboyant no meu quintal, e deitar à sua sombra, e sentir aquela brisa mansa, que sopra enquanto lança o perfume do laranjal.
Vai e vem na minha mente, esse vento do tempo, e traz as ondas do rádio que um dia me embalaram ao som de tangos e boleros, velhos tempos... Belos dias...Onde o meu sonho crescia nas cordas de um violão. Hoje relembro e refaço aquela despedida, nas lágrimas soltas na estação, a partir na promessa de uma volta, como todos que um dia se vão e assim, na lembrança, colar os cacos do meu coração, me redimir e repartir essa dor e a saudade, nos versos de uma canção.
Assim, como naquele dia, eu me vejo, com aqueles olhos tristes, porém cheios de esperança, buscando encontrar a sorte, todas as coisas que um dia eu sonhei pra mim, e me deixo levar em ritmo de aventura, nas batidas do meu coração, igual a quando aqui cheguei, nesse Rio de Janeiro, no seu abraço aberto, hospitaleiro, na transviada inquietude daquela louca juventude, que andava na contra-mão.
Até parece que foi ontem... Aquelas tardes de domingo, de guitarras eletrizantes, que ecoavam como o ronco barulhento dos carangos, incendiando a multidão; era um ritmo alucinante e quente, o rock’n roll envolvente, uma brasa a aquecer meu coração... E eu que sempre fui tão inconstante, te juro, bicho, me rendi àquela paixão...
E não adianta nem tentar esquecer, o que durante muito tempo em minha vida passou a viver... Eu me lembro com detalhes, a velha calça desbotada, a jaqueta encouraçada e a brilhantina no cabelo. Meu mundo girava no vinil da vitrola, vivia voando no meu carro, à 120 por hora, a velocidade andava junto a mim, e sem saber quando, nem pra onde, me levava ao espaço, como “Sputnik” pelo ar.
Nas curvas e esquinas da vida, encontrei amigos, parceiros da mesma viagem, e seguimos juntos a mesma estrada, como bons companheiros, amigos de fé, irmãos camaradas, que eu não esqueço jamais. Aquele era o meu momento, nascia um novo tempo, agitando o mundo ao som do Iê Iê Iê, e com ele, um movimento: a Jovem Guarda, que assim, como do nada, me coroou o seu rei.
E eu então, me perguntava:
-Que rei sou eu?
Que rei que nada;.. Eu sou terrível! Um lobo mau, um negro gato de arrepiar, talvez um gênio... Nem pensar! Basta ver os erros do meu português ruim...
Avancei sinais, vivi em festas de arromba e, pra conquistar garotas, dispensei meu cadilac, me rendi a um calhambeque, fui o bom no Splish Splash dos beijos roubados no cinema, de garotas papo firme, namoradinhas dos amigos e dos brotos no portão... Foi quando me lembrei do passado, do romântico apaixonado que eu era, do meu velho violão, e da simplicidade de dizer ‘Eu Te Amo’ com a voz do coração.
Assim então, assumi meu reinado e proclamei, como um brado a esquecer a tristeza e ter a certeza de que a felicidade um dia vem, que daqui pra frente, tudo vai ser diferente, e que eu quero que vá tudo... Tudo pra quem ama com ternura, tudo, pra tudo que se quer bem.
Eh!... Esse mundo dá voltas... E, numa delas, lá ia eu e meu sonho viver, era uma força estranha, uma voz tamanha que me levava a cantar, a atravessar fronteiras, a romper barreiras, ‘parlando’ italiano a ‘Canzone Per Te’; e foi assim, de mansinho, que San Remo todinho, viu e ouviu o amor vencer.
Senti então, que esse amor fala uma só linguagem, e faz o sonho acontecer... E assim contei histórias de romances, de amadas e amantes, o amor infinito, puro, sem medida, incontido; sentimento sem dia, sem hora ou lugar pra nascer, o que não sai de moda, é moderno, mesmo que seja à moda antiga, é eterno, um constante amanhecer.
E assim afaguei em meus versos, mil mulheres, enxergando a beleza de todas as formas e proporções, foram tantas, foram todas, tantas rimas, em tantas canções.
Desvendei caminhos, procurei atalhos, como a abelha necessita de uma flor e na sede de amor, bebi das paixões desenfreadas, por metáforas descrevi o côncavo e convexo, o sexo como cavalgada. Me vi em desalinho, a fazer ninho nos lençóis macios, a deixar marcas sem me importar com a desordem de tanto amar, entre os botões que se desatam e se abrem em braços que se abraçam e se enlaçam no céu do êxtase, mudando estrelas de lugar.
E então, desse infinito universo de prazer, me abastecendo de brasilidade, viajei na verdade da vida do meu povo, de cada palmo desse chão; no dia-a-dia da cidade, na lida pra ganhar o pão.
Fiz da canção a passageira no táxi das nossas ruas; no campo foi ela a companheira, tangendo em moda de viola, nas veredas desse sertão, e fui presente na saudade que roda e rola no coração disparado, no pára-choque estampado, todo dia nessa estrada, a contar horas de ansiedade na boleia de um caminhão.
Fiz da minha voz, um grito de alerta à consciência dos seres humanos a zelar pela natureza, e usei a poesia em defesa do céu, da Terra e do mar; fiz chegar àqueles que estão surdos, a mensagem, que o progresso, às vezes absurdo, tantos males nos traz, e que é preciso saber viver, que a razão precisa entender enquanto há tempo e passar a seguir o exemplo: ser civilizado como os animais.
É meu irmão, nessa vida são idas e vindas que me levam na brisa do vento, no fluxo das marés em movimento, a algum lugar bonito e tranqüilo pra gente se amar, pois de que vale o paraíso sem amor?... E continua a viagem e mergulho livre num oceano de desejos, a singrar ondas de emoções, a flutuar num mar de rosas, como navegante dos sentimentos, comandante de tantos corações.
E por fim, essa fé que me faz otimista demais, me fez subir a montanha, a dispor do alto, minha voz à voz de Deus, a fazer do meu cantar, uma oração para a humanidade, a descobrir no verbo, a sua essência e sua verdade, a tornar-me um instrumento mensageiro de paz e de boa vontade.
Não, eu não sou rei... Mas acho que me tornei amigo do Rei, o Rei dos reis, esse ser de luz, a claridade que faz com a sua simplicidade, a força que me conduz.
São tantas emoções já vividas, detalhes de uma vida, histórias que eu contei aqui. E se hoje você me faz seu enredo, é talvez, a maior das emoções dessa minha vida, a qual, com palavras, não sei dizer, mas quero sim, abrir meus braços num abraço e em suas asas, Beija-Flor, me entregar e agradecer, e assim poder definir com singeleza, como é grande o meu amor por você!
E se não há nada pra comparar, deixa o seu samba explicar, esse puro sentimento, que só o coração pode falar. Agora eu sei o que é ter um milhão de amigos e bem mais forte poder cantar...
Canta Beija-Flor! Pois seu canto acenderá ainda mais essa chama, essa aura azul e branca que te encanta, que te dá força, fé e esperança, que ilumina o sorriso de suas crianças, anjos de guarda da sua herança, essa luz que cobre como um manto essas “nossas senhoras”, Marias, mães baianas do samba.
Que os céus as abençoem, e que derramem por todo o seu povo essa luz que do amor emana e inflama o mundo através da nação nilopolitana, uma luz divina e que assim se traduz:
Uma luz que nos une e se funde numa só luz, que nos traz a simplicidade e a paz do verdadeiro Rei, a paz do Nosso Rei Jesus.

30 comentários:

CON disse...

Meu Deeeeuuuuusssss!!!!O que dizer depois de ler esta maravilha???
Viajei, sonhei, amei...revivi tantos momentos, tantas emoções!
Sim este REI que me encanta e me leva a cantar neste momento me faz chorar de emoção!
Que coisa linda!!!
Obrigada Maestro milhões de vezes te agradeço por nos trazer esta sinopse.
Quero ter o prazer de ver RC na avenida sendo aclamado, homenageado, ele merece, meu rei amigo do meu amigo REI, o REI dos reis!!!

Valeuuuuu!!! Parabéns a todos que fizeram surgir tamanha beleza!

Pois é Maestro, não ';e só você que esta enrolaaado , também estou, graças a Deus n;e, temos muito trabalho e saúde para realizá-los, que bom!
Sinta-se abraçado também e conte conosco se precisar de co - produtores tá?
Haaa brasileiro sofre mesmo, mas não desiste NUNCA!!! rsrsrs

Beijos azuisss...Emocionados!

Vinícius Faustini disse...

Eduardo,

confesso que fiquei frustrado. Uma frustração tão grande por eu não ter escrito um texto tão fantástico, tão sensacional, que em tantas curvas desta estrada MÚSICA-ROBERTO CARLOS soube dar a nós alguns pontos turísticos, com todos os seus detalhes e os vários horizontes que iremos encontrar na boleia deste caminhão.

Um percurso que vale a pena conhecer mesmo deixando o taxímetro rodando, parando o calhambeque na contramão ou levando a namorada na carona do Cadillac. E faça chuva fina no para-brisa ou o sol que espera para nascer depois da cavalgada.

Sim, porque o guia turístico Roberto Carlos nos ensinou que uma estrada colorida não deve ser percorrida a 120, 150, 200 km por hora. Às vezes é bom aproveitar a viagem por meio desta paisagem onde tudo fascina, querer aquele momento alucinante, querer aquilo tudo nesse instante. O instante em que ela aceitou a proposta de desabotoar os botões da blusa, o momento em que o dia termina, é hora de abrir a cortina, e hora do café da manhã. Detalhes de uma vida. Histórias que não podem ser contadas aqui. É melhor guardar a dois os segredos de quando fazemos tudo e não dizemos nada. E é uma pena que o show termine...

Mas o show se encerra, vamos voltar à realidade. À realidade das insônias do mundo, dos gritos da bolsa que falam de outros valores. Valores que erguem um troféu em forma de arpão e não preservam as baleias. Valores que inventaram o fuzil pra matar elefantes. A Lei do Machado e a fumaça que arde nos olhos de quem pode ver e desmata a Amazônia. E o apelo tem de ser ao bom senso, porque um erro não conserta o outro. Somos Seres Humanos, não somos perfeitos ainda, mas é hora de pensar um pouco mais na natureza. E ter fé.

Fé que pode acreditar numa força estranha, mas que sabe que esta é uma luz da qual não se pode fugir. Fé que faz uma guerra dos meninos sem bang-bang e sem rátátatá, que se transforma num lalalá ouvido na linha do horizonte, no alto da montanha, na direção de uma luz lá do alto. E, com as graças de Deus, de Jesus e de todas as Nossas Senhoras, ecoa até mesmo entre os que estão surdos. Ecoa do belo Mucuripe até o pequeno Cachoeiro.

E na espera do trem, um abraço bem forte no banco da estação e das mãos de afeto da mãe o sussurro de "amanhã de manhã você vai se sair muito bem". E nos ensinamentos que os cabelos brancos e bonitos do pai comprovam ser os mais sábios, é chegada a hora de ir. Só resta depois o caminho seguir. Da janela o horizonte e a liberdade de uma estrada, e da parada os acenos da mãe, do pai, dos irmãos. O adeus de uma cidade que vê um filho sair de Cachoeiro e ir ao Rio de Janeiro. A vontade é de voltar e chorar as mágoas do Itapemirim.

Mas agora vêm as obrigações, a rotina... Cuidar das flores do jardim da nossa casa, cuidar dos filhos e se aborrecer. Contar os dias para quando as crianças saírem de férias poder então se amar um pouco mais. E vem a espera pelo fim de semana. Escapa um "Ana, que saudade de você". E também Dudu, e também Luciana. E mais tarde o Rafael.

Quem diria... O menino que se hospedava na casa da titia Amélia hoje tem o endereço dentro de um avião. Suas outras casas são provisórias, e recebem os nomes de palco. A cada abertura instrumental, à cabeça vem um tanto de história pra contar de um muito tão distante que agora, de frente pra vocês, parece tão próximo. Como o pensamento voa...

(continua)

Vinícius Faustini disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vinícius Faustini disse...

(continuação)

A cada "quando eu estou aqui" renasce a certeza de que haja o que houver nada vai mudar. Cada vez maior virá a vontade de cantar o amor de todas as formas, o amor inocente das lágrimas azuis, o amor ousado, dito só à amada, à amante. E o amor sem limite, escancarado, abarrotado. Em sua forma, eterna.

Com palavras, todos vão ter tanta coisa pra falar de Roberto Carlos. Mas com palavras ninguém saberá dizer.

O futuro que hoje se faz sacramentará que nós necessitamos das flores do Roberto Carlos. Mas entregaremos algumas delas para o bico da beija-flor. Afinal, o carnaval carioca necessita de uma Beija-Flor para animar toda uma população com samba no pé.

Baianas, palhaços e outros trajes (de gala ou feitos à mão) reverenciam seu Rei. E, mesmo não levando muito a sério o título, Roberto, que tal só por hoje deixar que a coroa suba à cabeça? Não me leva a mal, hoje é carnaval...

Muita inspiração à ala de compositores da Beija-Flor! Não se pode ficar sentado à beira do caminho, esperando a vida inteira, pra tudo se acabar na quarta-feira. Isso que diria o meu amigo ERASMO CARLOS!

É preciso saber viver, e saber traduzir para samba, comissão de frente, alas, carros alegóricos uma vida. 70 anos em 80 minutos.

Obrigado à Beija-Flor de Nilópolis, que em fevereiro de 2011 não nos restringirá ao costume de ver Roberto Carlos no final do ano. RC é sempre festa. E é hora de ele voltar à Sapucaí.

Abraços a todos,

Vinícius Faustini

CON disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CON disse...

Maestro
peço licença pra escrever mais uma vez no seu blog, mas deixo claro que estou seguindo o limite que você pediu. Escrevi duas postagens no dia 16 de junho. Já estamos nas primeiras horas do dia 17 de junho. Bom, mas vamos ao motivo do post...
Eu não poderia deixar de comentar tamanha beleza , este texto lindo que nosso poetinha deixou aqui...E olha que ele fez isto em apenas alguns minutos, sou testemunha , rs
Mas agora sou eu a frustada... quem dera eu tivesse tamanha capacidade e inspiração
mas sinto-me privilegiada de poder ler tanta coisa linda... E ainda por cima falando do meu amor maior!
São tantas emoções, tantas que me fogem as palavras
estas eu deixo aos poetas!
Parabéns Vinicius...Mais uma vez você arrasou! Assim como arrasa em seus textos do Diário de um salafrário!

Bem agora vou dormir e sonhar... claro com o meu poeta, aquele que é a razão de tantas madrugadas olhando estrelas...rs...Meu amor, meu rei!

Beijos azuisss...Encantados

A LITUANA DE SP CAPITAL disse...

Maestro Eduardo Lages


A sinopse é perfeita !!


BEIJOS Maestro Eduardo Lages

a lituana

Carmen Augusta disse...

Meu querido Maestro!

Sr. Eduardo Lages, estou aqui sem saber o que dizer diante de tanta coisa linda e emocionante.Entro em seu blog e me deparo com o texto lindo desta sinopse da Beija-Flor.
Parabéns a quem escreveu, tanta coisa bonita sobre o nosso mais que tudo, o nosso Roberto Carlos.

Mas maestro, outra surprêsa me esperava. Ao entrar nos comentários me deparo com um texto maravilhoso do nosso querido amigo Vinicius Faustini.
Parabéns Vinicius, o homem das letras, que escreve coisas lindas um piscar de olhos.E também, sobre o nosso mais que tudo.

Obrigada Maestro por nos trazer a sinopse da Beija-Flor,em primeira mão acho eu.
E obrigada Vinicius por nos proporcionar um texto tão lindo.

Beijos,
Carmen Augusta

Kátia Carvalho - PB disse...

Bom dia,
Querido Maestro que bom saber notícias suas, e que está tudo bem.
O Senhor não imagina o tamanho da saudade que eu estava sentindo de vocês ( RC e equipe). Com vocês aqui pertinho o meu coração bate mais compassado e fico mais tranquila. Eu estava me sentindo como se estivesse faltando oxigênio para respirar.
Li no site de RC a sinopse que Beija Flor entregou a RC no seu estudio na Urca.
Simplesmente como e o meu Rei, a sinopse está realmente sintetizando tudo o que ele é.
Tenho certeza que será um grande espetáculo.E se Deus permitir estarei lá, para prestigia-lo como sempre ao lado dele, sem me importar onde ou quando.
Uma boa semana,um ótimo trabalho.
Lembranças a RC e todos da equipe(Tutuca Borba).
Que Deus continue Abençoando e Iluminando todos.

Abraços,
Kátia Carvalho - PB

olgamoh disse...

A Beija-Flor abraça o Rei com tanta poesia ... Isso tudo transformado em samba e fantasia, já é prenúncio de um carnaval apoteótico! Em 2011 , com licença do Neguinho, é Roberto quem dá a largada: "olha a Beija-Flor aí gente!"

Armindo Guimarães disse...

Olá Mestre Maestro!

A sinopse da Beija-Flor dedicada ao NMQT deixa qualquer um de boca aberta. Como disse o Vinicius Faustini, eu também gostaria de ter sido o autor de tão belo texto.

Mais uma vez, com a devida vénia, publiquei no Splish Splash tão importante notícia.

Abraços robertolageanos

Ah! Quero aproveitar para felicitar o nosso grande Vinícius pelo texto publicado, também ele de grande qualidade, como são, alias, todos os seus escritos.

Rosangela Amorim disse...

>>> Maestro querido <<<

Que alegria entrar aqui nesse cantinho e ver que você também passou por aqui e nos trouxe essa linda homenagem da Beija-flor, ao nosso Rei Roberto Carlos... O meu amor!!!

Tão bonito que com palavras não sei dizer... Mas que emocionou a todos que aqui vieram ler!

São lindos os detalhes de uma vida inteira de sucesso, dessa pessoa iluminada que nos traz alegria e que nos conquistou com sua simpatia.

Só nos resta esperar que em 2011 o Rei na avenida possa estar e receber a homenagem com muita emoção, em seu coração!!!

É isso aí!
Não sou boa de rima, mas só queria brincar um pouco de Vinícius! rsrs
Parabéns querido! Seu texto também ficou indo!!!

Beijos a todos!

Rosangela Amorim / BH

Derbson Frota disse...

Depois de ler essa sinopse, sinceramente eu tenho tanto pra lhe falar mas com palavras não sei dizer...
Fantástico texto!!! Os que criaram estão de parabéns! É o tipo de texto que ao ler já nos deixa emocionados!! Obrigado por postar essa verdadeira obra de arte!

Quanto aos seus trabalhos, desejo boa sorte, e que Deus ilumine seus passos e suas ideias!

E em relação a nossa Seleção, vamos ser Hexas, e não tem jeito! Aliás, o Flamengo é melhor que o Brasil, pois foi Hexa primeiro, né?rsrsrsrsrsr


Derbson Frota
Tianguá CE

Glória disse...

Bem-vindo à nossa terrinha maetro. Gostei muito do título, pq é isso que acreditamos, na simplicidade de Roberto Carlos.

Vinícius Faustini disse...

Eduardo,

foi tanta coisa pra falar da sinopse da Beija-Flor que os demais assuntos ficaram pra outro comentário. Quero dizer que é muito bom ver que no meio da enrolação apareceu "meu CD". Não quer adiantar um pouco pra gente pelo menos a ideia do seu novo trabalho?

Olha, em relação a torcer pra Seleção Brasileira, tá difícil mesmo, em especial porque o Kaká tá visivelmente sem ritmo de jogo, incapaz de suportar a função de único jogador habilidoso do meio-de-campo. Agora, eu não levaria Ronaldinho Gaúcho nem Neymar não...

A impressão que tenho do Ronaldinho é que ele não faz mais questão de jogar pelo Brasil, toda vez que tá em campo com a camisa amarela ele se arrasta e não serve pra nada. A volta ao Brasil pra jogar no Flamengo pode ser uma boa pra ele, se ele não seguir o mesmo trajeto do Adriano em 2010 (ter mais destaque na noite carioca do que nos dias de jogo).

O Neymar é um excelente atacante, mas o oba-oba em cima dele fez com que o menino deslumbrasse muito. Tá todo enfeitadinho, não é bom jogador assim numa Copa do Mundo. Corria risco de nem aceitar ser reserva.

O Paulo Henrique Ganso eu levaria sim. Na final do Santos contra o Santo André ele mostrou muita personalidade, e evitou que Dorival Júnior fizesse a lambança de tirá-lo do time santista. O Ganso é que faz os meninos da Vila encherem os olhos de qualquer apreciador do bom futebol.

O argumento do Dunga foi falho para não convocá-lo - dizer que foi mal no Sub-20. Com a experiência que o atual treinador teve, devia saber que nem sempre jogadores que se destacam no Sub-20 vão bem no resto da carreira.

Eu desafio alguém a dizer qual foi o alcance nacional que jogadores como Catê, Gilmar Popoca ou Marinho Rã tiveram depois de profissionais. Inclusive o maestro...rs.

Bom, Eduardo, agora você já conhece também a faceta de pitaco e pretenso jornalista esportivo deste que vos escreve. Prometo não abusar muito nos meus comentários das próximas postagens...rs.

Abraços do salafrário,

Vinícius

LILIAN HAHN MARIANO DA ROCHA disse...

Maestro Eduardo Lages

E eu que estava a pensar que descansavas. Caramba, já no trabalho e a lista, ao que vi, não é pequena: DVD Emoções Sertanejas, CD espanhol, shows, torcer pra seleção e ops... Meu CD? Oba, vai ter CD então? Precisamos saber sobre isto.

A sinopse adorei. Parece mais “curriculum vitae” de tão grande. E isto que nem tudo esta aí. Mas enfim, 50 anos de estrada, não é pra qualquer um não.

Hummm, vai vendo aí, já que estas a participar das reuniões, precisamos saber, como vamos fazer parte, melhor dizendo, teremos uma ala para nós fãs? E como será ela dividida: Garotas papo firme, Mulher de 40, Coisa bonita, O charme dos seus óculos, Menina, ..., isto só falando das mulheres, portanto é mesmo bom ir pensando. Sim pq vai ter muita gente pra uma só ala.

E o Vinicius inspiradíssimo, fez outro belo relato, texto, sinopse, do NMQT RC, Parabéns Vinicius, valeu.

Então, vamo que vamo, eu tbém preciso trabalhar. Mas aparece mais Maestro, e nos mantém informados, sempre que puderes.

E, só perguntando pq fiquei preocupada: como esta o Wanderlei? Mande lembranças minhas a ele, e o desejo de melhoras, sinceras.

Abraços

Lilian

A LITUANA DE SP CAPITAL disse...

Maestro Eduardo Lages


Dedico-lhe....!!


Através desse link:


http://www.youtube.com/watch?v=Z43SngTw4pg


BEIJOS Maestro Eduardo Lages!!

a lituana

Cristiano disse...

Bom dia

Cristiano disse...

Bom dia Maestro,

Queria saber notícias do nosso querido Wanderley, e desejar sucesso nos novos desafios.
Um grande abraço.

Cristiano Bessa
Fort-CE

juliana flores disse...

Olá querido maestro e amigos!!Como diria Bebeto,meu despertador:

EU VOLTEI AGORA PRA FICAR PORQUE AQUI,AQUI É O MEU LUGAR rsrsrsr.

Puxa não tem geito eu falo que só vou dar uma olhadinha para ver o blog mas não dá tenho que postar rsrsr.

Bem to muito feliz com a Homenagem que a Beija flor fará para o nosso Rei,o texto esta MARAVILHOSO,muito bonito.

Nunca fui ver nenhum desfile,pois não ligo para carnaval,mas este faço questão de ir e gritar muuuuuuuuuuuuuuito, para o Rei
OBS:SR VINÍCIUS VAI SOBRAR PRA VOCÊ rsrs seu texto também esta lindo amei.

Maestro,Muito obrigada pelas novidades,estava com saudades de entrar aqui no cantinho e ver notícias dos meus queridinhos Engomadinho e Zunguinha.
Que bom que você esta trabalhando no seu novo cd,pois o meu Nossas Canções já furou de tanto eu ouvir rsrs.

To cheia de novidades musicais para te contar,to estudando muito piano na faculdade e também estou tendo aulas com a pianista Clara Zagury amiga da minha tia.Estamos vendo Chiquinha Gonzaga mas já esta no nosso programa Ernesto Nazaré,Francisco Mignone e até Tom Jobim.To feliz pois estou colhendo um pouco do resultado de muuuuuitas horas de estudo,pois segundo a minha professora minhas mãos estão mais ageis,meu som mais bonito e limpo,minha leitura ta ótima,mas como sou perfecionista acho que posso melhorar ainda mais.

Amigos Con,Vinícius,vó Carmen,Armindo e a todos do cantinho devo voltar a frequentar novamente o blog pois o problema da internet já esta sendo resolvido,estava morrendo de saudades de vocês.

Maestro um grande beijo bom trabalho pra você e pra variar faz aquele favor pra mim,mande um grande beijo para o meu Despertador,ele esta sendo muito útil nesse ano rsrs,acordar com suas músicas e com o carinho e simpatia do Segundinho é tudo de bom!!!!!

Beijos da fã de Nikiti

Juliana Flores

CON disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CON disse...

Boa tarde Maestro, amigos...

E aí moçada, preparados para o jogo de hoje?

Aqui no meu condomínio tá a maior festa...Todas as casas enfeitadas, bom né? Eu gosto deste clima de copa do mundo, todos se tornam patriotas, esquecem os problemas e só querem torcer...Coisa boaaa!!!

E enquanto o povo se distrai... Quanta coisa acontece!!!

E por falar em acontecer como foi o show em Ribeirão? Quaaaassse fui...Mas não deu, de novo...Siniiiiffff...

Háaa a camiseta da Beija-Flor ficou linda, vocês já viram?

Lilian eu também acho que deveria ter uma ala dos fãs, imagina que tudo!
Mas acho que poderiam colocar a ala
MULHERES DO REI, em homenagem à comunidade que eu criei pra ele, que poder hein? rsrsrsrs

Maestro recebi ontem um vídeo mostrando a abertura do show em POA, você arrasou como sempre! Parabéns!

Juuuu amadinha que bom entrar aqui e ver um post seu, que bom que está voltando, você faz falta querida! Estude muiiito mesmo, pois seu futuro será lindo , você ainda vai fazer muito sucesso com sua arte!!!

Beijos azuisss

Anônimo disse...

Olá, Maestro aqui é a Linda , minha mãe mandou um grande abraço para você e pelo seu sucesso que sempre o faz, em tudo ! e mandou lembranças ao Roberto Carlos e a todos .

Linda

Glória disse...

Con, estou nessa ala, ok, não vai esquecer de mim, rsrsrsrs, uauuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu, ado reiiiiiiii, já pensou se essa moda pega na avenida, rsrs.

A LITUANA DE SP CAPITAL disse...

Maestro Eduardo Lages


Dedico-lhe,....!!


Através desse link:


http://www.youtube.com/watch?v=mZU4Wd8Iuj0


BEIJOS,Maestro Eduardo Lages!!

a lituana

Carmen Augusta disse...

Querido Maestro!
Bom dia!
Bom dia amigos!

Maestro, também queria notícias do
Wanderley.Ele é uma graça e muito querido.Estou preocupada.

Con, endosso o côro, vamos nessa, já pensou? Vou mancando mas vou.Pelo Rei faço qualquer coisa...
Mas se Deus quiser até lá estou bem, e só de ver o Rei eu saro.Não viu em S. Paulo?

Juzinha que bom que apareceu! Pensei que tivesse nos esquecido...
Que bom que agora vai estar sempre entre nós.Parabéns por tudo que está fazendo,menina estudiosa.

Beijos para todos.
Beijos Maestro,
Carmen Augusta

CON disse...

Boa tarde Maestro, amigos...

E aí? Todos felizes né? Que bom, rs... A vitória foi merecida, e aqueles jogadores da Costa do Marfim não têm espírito esportivo mesmo, que coisa feia, jogadas desleais que culminaram na expulsão injusta do Kaká...Mas Valeu , saímos vencedores e agora enfrentaremos nossos irmãos portugueses, e com certeza será um jogo bonito de se ver.
Padrinho muito me dói torcer contra o time do seu país, mas... Você entende né? rsrsrsrs

Glória claro que não me esquecerei de você, nunquinha..Todas as MULHERES DO REI estão convidadas, vamos lá na avenida mostrar ao mundo o quanto este homem é amado!
Madrinha você é convidada de honra, mancando ou não, só emoção hein? RS

Maestro podemos continuar enviando nossas sugestões para o CD? Você vai mesmo gravar os clássicos internacionais ou já tem outras idéias?

Estamos aguardando... Queremos muito participar deste novo sucesso ta?

Beijos azuisss

Armindo Guimarães disse...

Olá, Mestre Maestro!

Olá, Amigos!

Após a goleada de 7-0 entre Portugal-Coreia do Norte, o blog mais melhor bom do mundo e arredores tinha que publicar uma reportagem sobre tal acontecimento.

Agora, adivinhem quem é o autor dessa reportagem!

Claro que só podia ser o nosso Vinícius Faustini, também ele o mais melhor bom comentador desportivo do mundo e arredores.

Confiram:

http://almanaquevirtual.uol.com.br/ler.php?id=24543&COPA+2010+-+PORTUGAL+7X0+COREIA+DO+NORTE:+EM+BOM+PORTUGUES

Abraços luso-brasileiros

Ah! Na sexta-feira, Portugal-Brasil vai ser o delírio!

Cristiano disse...

Boa tarde

Ju disse...

Olá Maestro!

Meus sinceros parabe´ns pelo belo texto dedicado ao Rei Roberto Carlos. Que belas palavras!

Já terminaram a digressão?

Bom descanso, boas férias!

Beijos

Júlia Ferreira