quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

O Especial ontem no Ibirapuera

Amigos, ontem, como sabem, foi gravado o Especial do Roberto. Depois de muitas dúvidas quanto à realização do show devido aos problemas que ocasionaram o seu adiamento, a pressão era muito grande e o cansaço por tudo que passamos me impede de fazer comentários no dia de hoje. Amanhã, junto ao Roberto, assistirei à gravação na íntegra e prefiro deixar pra depois os meus comentários. Acho que os frequentadores daqui do blog que estavam presentes no show deveriam fazer aqui suas críticas. É bom pra aprendermos cada vez mais com vocês, que tanto gostam do RC. Em princípio, do ponto de vista do palco, me parece que tudo ocorreu de maneira satisfatória.
Hoje me senti muito feliz com a notícia de que a Christine, minha filha, mais uma vez recebeu o prêmio de "Melhores do Mês" no jornal O Globo com a matéria sobre a queda do Muro de Berlim, que, inclusive, foi postada aqui há pouco tempo.
Parabéns pra Chris...um beijão do papai orgulhoso
Segue abaixo a matéria do Globo de hoje que cita os ganhadores do mês.

Abraço a todos
Eduardo (em férias)


Melhores de novembro
Os editores do GLOBO elegeram na semana passada as melhores reportagens de novembro. Duas novas categorias foram incluídas na premiação: melhores títulos e melhor contribuição de fora, do Eu-Repórter, tanto para papel quanto para internet.
A melhor reportagem do mês foi para o flagrante feito por Evandro Éboli, Roberto Stuckert Filho e Aílton de Freitas sobre a gazeta remunerada de deputados federais. Os mesmos parlamentares foram fotografados digitando seu ponto no plenário da Câmara, numa quinta de manhã, e, logo depois, na mesma manhã, chegando no aeroporto de Brasília para embarcar para suas cidades.
Entre os suplementos, a melhor de novembro foi para duas reportagens: “Aquelas mulheres”, do Prosa, e “Como realizar doze desejos cariocas”, do Rio Show. A matéria do Prosa, de Guilherme Freitas, foi feita a partir da reedição de um livro do século XIX sobre as prostitutas imigrantes de origem judia, as chamadas polacas.
A matéria do Rio Show, escrita a quatro mãos por Mariana Filgueiras e Rafael Teixeira, revela como realizar doze desejos típicos da cidade, como conseguir reservar um lugar na praia lotada, por exemplo.
O prêmio gráfico foi para o editor de Artes, Leo Tavejnhansky, pelo projeto gráfico da revista especial “Planeta Terra”, com infográficos de Alvim e Fernando Alvarus.
Os fotógrafos Aílton de Freitas e Roberto Stuckert Filho ganharam a melhor foto do mês pelas imagens dos deputados da gazeta remunerada.
No site do GLOBO na internet, o prêmio foi para o especial sobre os 20 anos da queda do Muro de Berlim, realizado por Christine Lages e pela equipe da editoria Mundo.
O prêmio para melhores títulos foi dividido entre Luiz Antônio Novaes, o Mineiro, e Paulo Motta, respectivamente editor-executivo da Primeira Página e editor da Rio.
O título da Primeira Página, “Cidade da Música volta a tocar obras”, referia-se ao retorno dos trabalhos na inacabada megacasa de espetáculos construída por Cesar Maia. O título da Rio, “Desta água não beberás”, tratava da proibição da venda de coco nas praias do Rio. Medida impopular que depois foi revista pelo prefeito Eduardo Paes. O prêmio para o “Eu-Repórter” foi para o conjunto de fotos de leitores de um grave acidente com um ônibus no Flamengo.