segunda-feira, 9 de junho de 2008

Auditorio Nacional Mexico City (foto tirada daqui do hotel)

Por algum motivo não estou conseguindo postar a foto do local onde nos apresentaremos hoje à noite, talvez por problemas de conexão.
De qualquer forma me sinto muito bem estando nessa cidade que me proporcionou uma alegria imensa em 1969 quando aqui ganhei,como compositor,o Festival Internacional da Canção no Mexico. Aos 22 anos, ainda menino, em parceria com o meu saudoso parceiro Alesio Barros , fiz "Cançao de Amor e Paz, uma bela musica cantada excepcionalmente pela cantora Claudia, que tambem ganhou o premio de melhor interprete. Anos depois, passei a frequentar Mexico City fazendo frequentemente shows com o RC que sempre foi um grande idolo aqui. Houve época que eu tinha dúvidas sobre onde ele era mais querido, se aí no Brasil ou aqui no Mexico, tamanho o amor que o mexicano dedicava e ainda dedica ao Roberto. Quando da visita do Papa João Paulo a esse país, a musica escolhida pelos mexicanos para recepcionar o Papa foi "Amigo". Depois, Roberto deu uma pausa em suas viagens internacionais e acredito que há mais de 10 anos não vinhamos aqui. Mexico City hoje é uma cidade muito mais moderna , disputando com as grandes cidades orientais tais como Tokio e Pequim como a mais populosa do mundo. Dizem que aqui nessa cidade vivem 20.000.000 de pessoas.
A saudade do Brasil já é grande mas me sinto orgulhoso de estar aqui como maestro do maior artista popular de todos os tempos na nossa "terrinha"
Abraço a todos
Eduardo

Bye Bye US, we see you soon

Conforme havia dito na postagem anterior, o show de Los Angeles foi emocionante com grande presença(lotado)de mexicanos e brasileiros e muitas fãs mais eufóricas tentando subir no palco. O Gibson Anfitheatre fica dentro do complexo "Estudios Universal" e é uma grande atração turistica pois quando se faz um tour pelos estudios o Gibson é um destaque.Acho que é a terceira vez que fazemos show nesse local e considero o mais rico em tecnologia de todos os teatros que fazemos por esse mundo afora. Isso é uma opinião minha, apenas.
Eduardo Lages