sábado, 4 de outubro de 2008

A finalização de um CD

Diz-se, entre artistas e produtores , que a gravação de um disco, seja CD,LP ou DVD,nunca termina. Diz-se tambem que o que acontece é um abandono do trabalho em razão de custos e principalmente prazos que são impostos pelas gravadoras. Há casos, alguns até bem próximos, que após um ou dois meses, apesar do disco ter sido um êxito no lançamento tendo vendido milhões de cópias, o artista segue junto ao seu produtor ou tecnico de som no que se poderia chamar de finalização do disco para que ele, o artista, chegasse a um nível razoável de contentamento, podendo isso, em alguns casos extremos levar anos ou até mesmo nunca se chegar a uma satisfação plena com o trabalho. Eu , claro, não posso me dar a esse luxo, caso contrário, estaria hoje tentando resolver probleminhas no "Emoções" gravado em 2005.
O que fazer então no caso do artista ou produtor?
No meu caso, procuro analisar primeiro o trabalho como um "todo". Antes até de completar a mixagem , ouço o CD várias vêzes, mudo a ordem das musicas, muitas vêzes prevalece a primeira ordem. Nem mesmo grandes estrelas americanas se livraram de enganos em seus discos e nem por isso deixaram de alcançar o êxito dos mesmos. Lembro que há alguns anos atrás, quando me sobrava mais tempo, um grande divertimento meu era ouvir (com fones) discos famosos e descobrir ruídos tais como, espirros, cadeiras de estudio rangendo, pequenas distorções, emendas de voz....notas erradas então era uma fartura. Alguns desses discos , chegaram a marcas de 10, 20 ou trinta milhões de cópias. Eram verdadeiras obras primas.
Me chamou muito a atenção o comentário do atento Marlos, amigo e competente produtor como eu já havia dito antes, relativo a afinação ou equalização das peles dos ton tons na musica "Voce em minha vida". Isso me motivou a fazer essa postagem.
Não, Marlos, voce não está errado, eu tenho a obrigação de estar atento a todos os detalhes do trabalho como artista, arranjador e produtor do mesmo.
Mas uma coisa que sempre procurei, desde o inicio da carreira, é evitar o que muitos profissionais desse país fazem; se preocupar com o que o colega, seja maestro arranjador ou produtor vai achar do seu trabalho. Na minha opinião, quando se cria um trabalho artístico, o objetivo principal é emocionar a aquele que apreciará a obra e se a mesma for comercializada como é o caso dos meus CDS, o trabalho se torna ainda mais difícil pois voce tem a responsabilidade de emocionar o apreciador e levá-lo à loja. Junte-se a tudo isso , o fato da obra ter um formato instrumental, desfigurada na sua essência, onde a letra representa a metade do poder de emocionar, ainda mais na obra do Roberto e Erasmo onde é sabido que a letra tem um grande peso na qualidade da obra.
Voce, Marlos, pelo seus comentários, nota muito bem quando passo do grave ao agudo do piano ,muitas vêzes, tentando dar uma emoção que aquele trecho da letra dava, além das modulações que são feitas para chamar a atenção de determinados trechos que certamente seriam os conclusivos da história da letra ou da melodia.
Talvez esteja aí, o motivo do razoável sucesso de vendas obtido pelos meus CDS onde são proibidos as "notarréias" como voce bem diz e onde o piano, como artista principal, como se fosse um cantor do disco, tenta, com simplicidade,sem grandes pretensões performáticas, atingir a emoção das pessoas. Voce sabe muito bem com quem aprendí isso...
Quanto à musica "E por isso eu estou aqui" acho que atingí bem o meu objetivo pois a intenção é mesmo a de um "súdito" no "reino" tocando "E por isso estou aqui".
Claro que voce vai encontrar influências minhas dos Beatles e muitos outros, por isso, voce dá prova não só de conhecimentos musicais nos seus comentários mas de ser
possuidor do talvez mais importante dom pra se ter sucesso na carreira de produtor, a INTUIÇÃO.
Abraço
Eduardo Lages

61 comentários:

Armindo Guimarães disse...

Caro Mestre Maestro:

Atrai-me sempre textos como este em que o Mestre Maestro nos dá a conhecer as particularidades disto e daquilo relativamente à sua obra.

É por isso que sinto há uns tempos a esta parte que já não posso dizer (como antes dizia) que sou totalmente leigo na matéria, pois o Eduardo para além de me proporcionar música instrumental de sonho, também me tem dado através do seu/nosso blog umas lições sobre matérias que antes eram para mim totalmente desconhecidas.

Grande abraço

Marcia Tristao-Bennett disse...

Maestro:


Na mesma linha de interpretacao que o Armindo falou...eu sigo atras. Obrigada mais uma vez por suas explicacoes de como ve as coisas, opinioes, etc.

" Na minha opinião, quando se cria um trabalho artístico, o objetivo principal é emocionar a aquele que apreciará a obra e se a mesma for comercializada como é o caso dos meus CDS, o trabalho se torna ainda mais difícil pois voce tem a responsabilidade de emocionar o apreciador e levá-lo à loja. Junte-se a tudo isso , o fato da obra ter um formato instrumental, desfigurada na sua essência, onde a letra representa a metade do poder de emocionar, ainda mais na obra do Roberto e Erasmo onde é sabido que a letra tem um grande peso na qualidade da obra. "

Nao sou ninguem para opiniar de uma forma ou de outra, como sempre falo aqui. Nao tenho o seu conhecimento teorico, musical, e sua experiencia de trabalho. Eh mesmo um atrevimento meu ateh dizer se concordo ou nao. Mas na minha humilde opiniao, de entender 1 % se algo estah afinado ou nao, concordo com voce em sustenido e bemol!!! ainda nao consegui escutar do que o Marlos fala...estou tentando...uma hora chego lah!

O fato de nao ter a voz, coloca a responsabilidade toda em cima dos instrumentos e da cabeca pensante-cheia de notas que eh a sua! Conseguir transformar o que pode ser repetitivo quando sem a voz, para dar um apoio, em algo agradavel de se ouvir eh dificil, eh trabalho arduo! Eh voce o fez!!! Falo de Detalhes e claro de todas as musicas de modo geral. Mas Detalhes, eu agora sei, pelo que voce falou no jornal, que voce teve trabalho.

Penso que erros, ou alguma coisa como cadeiras rangendo, etc...eh o charme do artista!!!!

Tem uma outra musica sua, agora nao me lembro qual em um dos seus outros CD's que no final, soh se escuta se estiver muito alto...acho que foi voce que disse um " YES" alto....sabe do que falo?
Eh um charme!!!!!

" Voce, Marlos, pelo seus comentários, nota muito bem quando passo do grave ao agudo do piano ,muitas vêzes, tentando dar uma emoção que aquele trecho da letra dava, além das modulações que são feitas para chamar a atenção de determinados trechos que certamente seriam os conclusivos da história da letra ou da melodia.
Talvez esteja aí, o motivo do razoável sucesso de vendas obtido pelos meus CDS onde são proibidos as "notarréias" como voce bem diz e onde o piano, como artista principal, como se fosse um cantor do disco, tenta, com simplicidade,sem grandes pretensões performáticas, atingir a emoção das pessoas. Voce sabe muito bem com quem aprendí isso... "

Adorei seu comentario acima, porque outra vez, quero me expressar mas nao sei...ou seja quando voce passa de grave para agudo (isso eu sei notar) mas as modulacoes que voce faz tentando dar mais emocao...agora sei o que estah por traz destes trechos quando o ouco...entendi agora o que voce quiz nos passar - a emocao... Nada como estes seus comentarios para se apreciar ainda mais o que voce fez com os arranjos e a musica de uma forma geral! Sem notarreias e o piano como se fosse o cantor, ficou a curiosidade de com quem voce aprendeu isso? Claro que nao vou saber quem eh mesmo...

"E por isso estou aqui " ficou lindissima e a impressao das dancas com vestidos acetinados estah mesmo de um bom gosto, parece que estamos todos na corte na Franca, onde Luis XV, vai dar uma festa ! O Maestro Don Eduardo Lages estah ao piano! Lindo!!!!!

Aplausos ao Maestro e ao Marlos de PEH, por esta conversa aqui no blog!!!!!!!!!!!!!!

Que aula esta hein, maestro!!!!!!

Quem eh que vive sem musica???????????

Vamos mais, Marlos????

Beijos azuis!!!!!!!!!!!!!

James Lima disse...

Poxa, maestro. Que texto bacana.
Eu penso assim como você também. O artista deve buscar emocionar o público, não os colegas.

Um forte abraço do seu fã
James Lima
www.robertocarlos.vai.la

A LITUANA DE SP CAPITAL disse...

MAESTRO .....
CONCORDO PLENAMENTE COM JAMES LIMA COM ARMINDO , E COM A MARCIA ,ONDE O ARTISTA DEVE EMOCIONAR O PUBLICO ..SEUS FÃS...
EU SOU TOTALMENTE LEIGA NA MATERIA ,MAS APRENDI MUITAS COISAS COM VOCÊ MAESTRO E CONTINUAREI APRENDENDO ( NÃO SÓ MUSICAL ,COMO SUAS BOAS SUGESTÕES)
EU TENHO O TALENTO DE APRECIAR BOAS MUSICAS COMO AS SUAS MAESTRO ,DO REI ROBERTO CARLOS ENTRE OUTROS ...ISSO SIM PARA MIM É TUDO ,ONDE VOCÊ MAESTRO CONSEGUE EMOCIONAR A "ALMA" DAS PESSOAS DO BRASIL E DO EXTERIOR, ISSO ACHO QUE É ( NA MINHA OPINIÃO) O PREMIO MAXIMO PARA O MUSICO EM GERAL E SEU TRABALHO DIGAMOS TECNICO REALMENTE MAESTRO SÓ QUEM NASCE COM O TALENTO DE DEUS MESMO ,QUE NÃO É MEU CASO !E SIM SEU E DE MUITOS MUSICOS...... MAS DEUS ME DEU AUDIÇÃO E SABEDORIA E CONDIÇOES DE APRECIA-LO VOCÊ MAESTRO E DEMAIS INTRUMENTALISTAS E CANTORES (NACIONAIS E INTERNACIONAIS)
MAS.... QUERO DEIXAR CLARISSIMO MAESTRO QUE NO BRASIL EU SOU SUA FÃ N1 DE SÃO PAULO CAPITAL ..BEM ENTENDIDO ENTRE TODOS OS ARTISTAS BRASILEIROS .
BJS
DA LITUANA DE SP-CAPITAL

Anônimo disse...

Eduardo, nessa fase de finalização - que o Roberto incansavelmente faz buscando a perfeição nos seus discos - o seu trabalho também é envolvido? Ou é apenas entre os produtores na parte técnica sem mudar aquilo que já foi gravado?
Abraço.
Valdimir

A LITUANA DE SP CAPITAL disse...

MAESTRO .......
ONTEM COMPREI ALGUNS CDS INSTRUMENTAIS , GOSTARIA DA SUA OPINIÃO SE POSSIVEL . MAIS TARDE VOLTAREI AO SEU BLOG E COMENTAREI QUAIS SÃO , QUE HOJE EM SP É DIA VOTAR PARA PREFEITO ENTÃO FICA MEIO TUMULTUADO , MAS GOSTARIA DE SABER SUA OPINIÃO E TALVES SE NÃO FOR LHE PEDIR DE MAIS GOSTARIA DE ALGUMAS SUGESTÕES TAMBÉM ( PERGUNTO PELO BOM GOSTO QUE TEM E PELO MAESTRO QUE O É !!!). AH NÃO RESISTI EU TENHO O CD DO REI ROBERTO CARLOS IN VIVO ,MAS ACABEI COMPRANDO O DVD E É HOJE QUE IREI ASSISTIR ..HUM DEVE ESTAR OTIMO !!!!BOM FINALIZANDO DEPOIS PASSO OS NOMES DO CDS OK ..
BJS
ATÉ
DA LITUANA DE SP -CAPITAL

Anônimo disse...

Valdimir,claro, tudo é envolvido, som,voz, solos, arranjos. Obviamente no caso dele, a voz é o maior centro das atenções e com certeza isso tem feito dele a voz mais apreciada no país, até pelo próprio meio musical. O que se diz é que "ele está cantando cada vez melhor" e certamente, isso se deve a maior atenção dada à finalização de seus discos.
abraço
Eduardo

Everaldo Farias disse...

Eduardo,

ótima explanação sobre a finalização do cd e toda sua parte técnica!

Realmente para os músicos e no caso, os produtores, fica sempre aquele desejo de ter feito melhor, se superar! Mas, pra isso existem os próximos trabalhos, a experiência é valiosa!

E, sem dúvida, para o grande público, em trabalhos como esses, conta mesmo a emoção em primeiro lugar!

Também notei em Você é minha vida, sua mudança de tons para o mais grave, sobretudo no refrão e achei isso genial! Claro que pra cantar não seria assim, mas é como você falou: é o piano quem comanda os demais, nesse formato de canção!

E, ao Marlos, meus parabéns por sua sempre intelectualidade musical! Sempre o admirei e sempre o deixei claro isso! Embora, hoje à distância, continuo apreciando seus comentários e aprendendo muito, como todos aqui! E tem mais, depois dessa do Eduardo, você já tem carimbo de certificado para seguir em frente! Parabéns, garoto!

Blog Música do Brasil
www.everaldofarias.blogspot.com

Um forte abraço!

CON disse...

Boa tarde Maestro, amigos...Bom domingo a todos!
Gostei muito deste texto, muito bom aprender...Realmente você consegue atingir a emoção de seu público Eduardo, prova disto é o sucesso de seus cd’s.
Sua interpretação ao piano nos faz sonhar...Mexe com o coração da gente. Percebe-se sua entrega e sua energia naquelas notas...Inclusive uma das que eu mais gosto é Eleanor Rigby porque sinto que aquele YES do final saiu muito naturalmente nos fazendo perceber a sua emoção.
Como disse nossa amiga Marcia, ficou muuuiiito charmoso, rsrsrs
Eu trabalho em uma empresa de cosméticos, e é muito interessante conhecer todo o processo de lançamento de um produto. O começo, a pesquisa de mercado, a escolha dos ativos, das embalagens, do texto, do material de merchandising, a divulgação e por fim o produto nas lojas. Gente dá um trabalhoooooooooo, mas é sempre muito gratificante acompanhar o sucesso das vendas, a aceitação dos consumidores...Bem parecido com o que acontece com o lançamento de um cd né?
Mas na verdade eu gostaria mesmo de saber sobre o processo de criação da música, se é mais inspiração ou transpiração mesmo. Uma vez você nos disse aqui que falaria sobre isto.
Tenho muita curiosidade em saber , você precisa de algum “ritual” para criar? Ou vem assim naturalmente?
Quando você compõe você em que se baseia? O que sente? O que o inspira?
Como se dá sua parceria com o Paulo Sergio por exemplo, como vocês juntam música e letra? Você cria a melodia e depois ele cria a letra ? Ou o contrário?
Se puder fale-nos sobre isto ta? Eu iria adorar, com certeza não só eu, mas todos os nossos amigos aqui do blog.
Beijos azuissssss

A LITUANA DE SP CAPITAL disse...

Maestro ....
escrevi tanto para postar a msg e na hora de publicar a pagina expirou não acredito ... o texto parecia mas um conteudo de livro de direito hihihihihihi mais que maravilha !!!agora vou refazer tudo novamente e postarei amanhã ok que pena estava tão bem explicado !!!!EU FUI TENTAR ESCREVER DE NOVO ai errei tudo na escrita sei que não vai ser uma boa redação ,não irei me fazer entender então deixo para amanhã ok ..QUE PENA ! MESMO ,estava tudo bem explicado ... mas amanhã dá tudo certo ..!!!!ESPERO PORQUE EU MERECO .....AGORA VAMOS VER COMO VAI SER ..MAS GARANTO QUE NÃO SERÁ BEM ESCRITA COMO DE HOJE
MAS O IMPORTANTE QUE VOCE LEIA ..E OPINE E FAÇA MILHÕES DE SUGESTÕES .
BJSSSS
DA LITUANA DE SÃO PAULO- CAPITAL

Anônimo disse...

Então Eduardo, por um lado essa busca pela perfeição é muito benéfica porque no final os envolvidos acabam aprendendo pra caramba e aperfeiçoando ainda mais o ouvido. Muito obrigado!!!
Valdimir

Carmen Augusta disse...

Querido Maestro,
belo texto esse com as suas sempre ótimas explicações.
Que trabalho maestro!!!
Mas é por isso que nos emociona e é por todo esse cuidado que está fazendo tanto sucesso.
Obrigada maestro.
Um beijo,
Carmen augusta

Mazé Silva disse...

Parabéns Maestro!

O seu texto está bem redigido, explicativo, onde nos dá uma aula, sobre assuntos, que pra muitos de nós é desconhecido, mostrando as dificuldades e os desejos de um artista da música instrumental, seguindo etapas até que venha atingir suas metas ou a finalização de um trabalho( CD instrumental).

O seu trabalho, Maestro, nos emociona. Gosto de ver e ouvir você tocar, pois o faz muito bem, sabes bem disso, transmitindo uma sensação de que esteja naquele instante, em momentos de êxtase, isto é, sentindo-se nas estrelas.

Achei lindo em um relato que fizeste, em um de seus vídeos, quando fala: " TOCAR, É MESMO QUE TELEFONAR PRA DEUS ". Nessa frase, você já diz tudo e mostra todo o seu sentimento, a sua emoção, que nos é transferida, ao executar em seu piano, tamanha façanha.

Parabenizo-te mais uma vez e agradeço pelo divino e explicável texto.

Beijos de sua fã que te admira mais a cada dia!

Mazé Silva.

Vinícius Faustini disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A LITUANA DE SP CAPITAL disse...

MAESTRO NA DATA DO DIA 04/10/2008M FUI A LIVRARIA CULTURA BASTANTE ANIMADA EM VER OS DVS E CDS DE TODOS ESTILOS , OS INSTRUMENTAIS NEM É NECESSARIO DIZER .......
AO CHEGAR NOS INTRUMENTAIS O NOSSO ... QUE É O LINDO INESQUECIVEL COMO ELE SE DESTACA hummmmmm!!! hihihihhi
e resolvi comprar uns cds intrumentais o nosso em destaque!!!!! mais bonito o inesquecivel ( a capa e contra capa)de todos seus cds..estão otimos). ...mas o inesquecivel ... está o que é há de melhor.
e resolvi comprar uns cds intrumentais no "chute"emoção !!!!!.hihihihihihhi
A LITUANA DE SP-CAPITAL
BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS E MAESTRO ME DE ALGUMAS SUGSTOES .

A LITUANA DE SP CAPITAL disse...

MAESTRO ....
ENDOSSO....................... TODAS PALAVRAS DA MAZÉ REALMENTE A SUA POSTAGEM FOI LINDA AO DIRIGIR AO MAESTRO ME SENTI ORGULHOSA DE MINHA AMIGA E DE MEU IDOLO( VOCÊ MAESTRO) , MINHA AMIGA ELOGIANDO O NOSSO IDOLO ..QUE COISA LINDA DE SE LER .... E QUE PARAVRAS LINDAS MAZÉ .ADOREI .VC ME EMOCIONOU . BJS AMIGA .
DA LITUANA DE SP-CAPITAL

A LITUANA DE SP CAPITAL disse...

MAESTRO .....
ESPERO QUE RETORNE A POSTAR ALGO ESTOU FICANDO PREOCUPADA COM SUA AUSENCIA NO BLOG ! SEI QUE TEM MIL COMPROMISSOS MAS QUANDO DER DE UM ALOZINHO PARA NÓS TODOS ..
FICO NO AGUARDO !
BJS
DA LITUANA DE SÃO PAULO CAPITAL SUA GRANDE FÃ N1

Armindo Guimarães disse...

Caro Mestre Maestro:

Há coisa de 5 minutos lembrei-me do Mestre Maestro, coisa que é raro acontecer. E lembrei-me que já há muito tempo que aqui no blog não somos presenteados com uma foto do nosso Maestro e seus netinhos. Que é deles? Que pensam eles do “Inesquecível” do vovô? E a D. Mércia quantas vezes já ouviu o novo CD? Imagino que umas 100 vezes. É claro que estou a exagerar, mas pelo menos 80 vezes já devia ter ouvido.

Por isso, ficamos todos à espera de uma foto do nosso Mestre Maestre. Uma foto daquelas que sempre nos surpreendem. De preferência daquelas que até têm legendas e tudo. Eheheheheh

Abraços eduardolageanos!

Ah! Um abração ao meu sobrinho Enrico e toda a família.

Armindo Guimarães disse...

Caro Mestre Maestro:

Está a ver como eu tenho razão? Você habituou mal a galera e agora se você estiver ausente um dia até parece 1 mês.

A mensagem que acabei agora mesmo de ler da nossa amiga Lituana, é exemplo disso.

Por isso, penso que se o Eduardo enviar uma foto para o blog, a malta perde-se durante uns dias a olhar para a foto e já nem exige tanto de si.

Maestro sofre! Eheheheheh

Abraços

CON disse...

E eu estive pensando em você padrinho...Onde estará o meu padrinho que está deixando a malta com saudades????
Gajo você não pode sumir assim, ora pois!!!!
Beijos azuissssssss

CON disse...

Querido Maestro
Hoje dia 7 de Outubro é o dia do compositor!!!
PARABÉNS!!!!!!!!!
Você além de músico, arranjador, maestro ainda é um compositor maravilhoso!!!
Junto com seus parceiros consegue tocar fundo o coração das pessoas!
Com inúmeras músicas lindas você já nos presenteou!!!
Parabéns ao Paulo Sergio, ao REI e Erasmo...Enfim a todos os compositores!!! Mas muito especialmente a você que é o "MAESTRO DOS NOSSOS CORAÇÕES"!!!

Beijos azuissss Inspirados!!!!

Rosangela disse...

Maestro!

Também deixo aqui os meus Parabéns pelo dia do compositor!!!

E o meu agradecimento por tantas canções lindas, que como disse nossa amiga Con, nos presenteou!

Também deixo os meus Parabéns ao meu ídolo... O Rei Roberto Carlos! Por tantas canções Maravilhosas!!!!

Beijos!!!

Rosangela Amorim / BH

Mazé Silva disse...

Querido Maestro!

Quero parabenizar-te, por quê hoje é um dia tão memórável pra você, que é o dia do compositor. Fiquei sabendo através de minha amiga Con, que deixou aqui a sua postagem como sempre, nunca esquecendo nada sobre o nosso querido maestro.

Sucesso e mais sucesso como grande compositor que és, além do músico insubstituível que sempre será. Suas composições são sempre lindas e marvilhosas, assim sendo, faz parte do repertório do nosso grande Rei Roberto Carlos.

LITUANA, obrigda pelas palavras sempre amáveis e carnhosas. Lindas não foram as minhas plavras, mas os exuberantes acordes e as composições do nosso Maestro querido. Que bonito Lituana, a sua sensibilidade ou ler minhas simples palavras, ter emocionado-lhe. É que quando nos referimos ao Maestro não medimos esforços pra dizer o que o nosso coração sente e o que nossa percepção aguçada faz-nos entender sobre esse grande artista, o nosso querido maestro Eduardo Lages.

Beijos Lituana e para o Maestro inesquecível, dono de uma brilhante obra, "O INESQUECÍVEL".

Parabéns mais uma vez maestro e um beijo especial por este dia!

De sua fã que gosta muito de você!

Mazé Silva.

Marcia Tristao-Bennett disse...

Achei este texto interessante e apropriado para Parabenizarmos o nosso Querido Maestro Eduardo Lages pelo Dia do Compositor:


" Que papel ocupa o compositor no contexto histórico e social da humanidade?

Uma reflexão mais profunda nos leva a meditar sobre inúmeros aspectos: em termos históricos, sociológicos, estéticos, filosóficos.

O compositor é, deste modo, um repositório do seu universo sócio-cultural. Não apenas um reflexo, mas, sobretudo, um co-partícipe. Seja vislumbre, seja intenção, a sua arte antecipa os rumos da sociedade à qual pertence.
Nesse sentido, a música é uma filosofia; é uma linguagem subjetiva e profunda.
Paul Hindemith a ela se refere
sabiamente afirmando: "... além de todo o conhecimento racional e de toda a experiência manual, existe uma visionária região de irracionalidade onde moram os supremos segredos da arte..."


Sejam quais forem os aspectos da música, ela é sempre manipuladora das mais íntimas sensações - individuais ou coletivas - e de todo o mecanismo das emoções. Nesse sentido, o compositor
avoca uma posição de responsabilidade: a sua música tem o poder de despertar e canalizar energias.
A música eleva, inspira, comove; mas pode, inversamente, deprimir, agitar, conturbar.
Cabe ao compositor traçar caminhos. Sua meta mais sublime será a de despertar os mais nobres sentimentos, depurar as energias humanas, infundir o aprimoramento de seus semelhantes.
E o fará através do domínio da técnica, do estilo, da estética.

Doando a sua obra musical - fruto da criatividade - ao acervo da comunidade, terá o direito à convicção de ter vivido plenamente e cumprido a sua missão no evoluir da humanidade. "

Texto de Eduardo Escalante

E o Maestro com toda certeza, atraves de sua musica, nos eleva, nos inspira e nos comove!!
Eh uma energia muito positiva, muito abencoada, muito divina, e muito azul da cor dos anjos celestiais!!!

Parabens, Maestro, pelo seu Dia Especial!!!!!


Beijos Azuis!!!!!!!!!!!!!

Carlos Marley disse...

Nobre colega Eduardo Lages,

Inicialmente quero parabenizá-lo pelo dia do compositor.

Oportuno o seu esclarecimento. Como me falta o conhecimento técnico prefiro absorver da arte, seja qual for ela, todas as sensações provocadas aos meus sentidos. No caso da música as notas musicais dos instrumentos, cujos sons se transformam em melodia, mexem com as nossas emoções das mais variadas formas. O ritmo regula as nossas pulsações e os nossos movimentos. A incorporação da poesia à melodia é a materialização dos sentimentos, que nos remetem a várias fases da nossa vida. È assim que eu sinto a música.

Um grande abraço

Everaldo Farias disse...

Eduardão,

Parabéns pelo seu dia, o do compositor! É muito legal ouvir suas criações, suas melodias, harmonias, sua arte!

Obrigado por tudo e mais uma vez, parabéns!

Blog Música do Brasil
www.everaldofarias.blogspot.com

Um forte abraço!

Anônimo disse...

Muito obrigado a voces que me parabenizam pelo Dia do Compositor.
Devo confessar que eu não sabia dessa data comemorativa. Aproveito e retribuo a voces na certeza que todos nessa vida já tiveram o seu momento de compositor.
Quem nunca fez uma trecho de música ou uma pequena poesia em forma de letra?
Abraço a todos
Eduardo Lages

Marlos Chambela disse...

Puxa vida!!!
Por que é que a tecla "ESC" fica tão fácil de apertar???

Acabei de perder tudo que havia escrito!
hehehhehe

Vou recomeçar...

João Renato disse...

Alô Lages !!!
Estou com o novo CD desde de sábado (Inesquecível)e estou impressionado com a qualidade final (masterização) que vc conseguiu ! Como vc já sabe que sou seu fã nº1, mais uma vez parabéns pelo novo CD !
Abs Nanau

Marlos Chambela disse...

Amigo Eduardo e amigos do Blog,

Em primeiro lugar, Eduardo, quero também te parabenizar pelo dia do compositor (confesso que também fiquei sabendo da data agora) e agradecer muito pelo que você escreveu a meu respeito. Suas palavras me incentivam muito a, realmente, continuar e investir nessa profissão que tanto me encanta. Tenha certeza de que reflito em muitas das coisas que você diz, e elas se transformam em aprendizado, coisas que procuro colocar em prática na minha vida profissional. Além das palavras, seu trabalho é uma referência pra mim.

Aliás, falando em “ouvir o trabalho como um ‘todo’”, uma coisa me preocupa quando estou trabalhando: Tenho dificuldade, às vezes, de encontrar o limite correto entre um certo perfeccionismo que tenho (não tão exagerado quanto o Roberto, né!) e esse conceito de ouvir “como um todo”. Fico com medo de, na tentativa de fugir do excesso desnecessário de zelo e de perder tempo com muito perfeccionismo, acabar não dando a atenção necessária e acabar não tendo um resultado muito bom. Na verdade, em muitos casos as pessoas acham que já está bom e eu ainda acho que ta ruim. Em alguns casos, acabo aceitando a opinião favorável e me contentando com o que já está.

Uma vez, (no fim de semana após a gravação do seu DVD em Niterói), participei na Barra da Tijuca de um seminário de mixagem com o engenheiro de som Fábio Henriques. Ele disse: “Não se apaixone pela sua mixagem”. É verdade! Já teve caso em que eu levei um tempão... Tive um trabalhão pra chegar naquilo que eu ouví e falei “Agora sim, ficou ótimo!!” Aí quando o cliente (o artista da gravação) ouviu, achou que não tava como ele queria e eu tive que mudar tudo. O resultado final ficou inaceitável na minha opinião, mas ele adorou! (hehehe)

Pessoal,
Fiquei um pouquinho sumido porque viajei na Sexta-Feira, dia 3, a trabalho. Fui trabalhar fazendo o P.A. (som) de um festival, sexta e sábado. No domingo, cheguei aqui em Gov. Valadares, votei, e viajei novamente, à noitinha, para uma outra cidadezinha, próxima daqui, trabalhar na “festa da vitória” do candidato que venceu as eleições de lá. ( já tava tão certo de que ia vencer, que contratou a equipe de som e telão antes mesmo do resultado – hehehehe ) O palco eram dois caminhões estacionados um do lado do outro. (hehehe). Cheguei Segunda-Feira, mas acabei não vindo ao blog. No sábado, lá da cidade do festival, eu cheguei a ler o texto do Eduardo, mas não dava tempo pra responder e, além disso, a Internet de lá não era via satélite. Era via jegue! (hehehe)

Aliás, estou desde Sexta-Feira, dia 3, sem ouvir o “nosso” cd. Nesses dias, o único CD que escutei (fora os que me davam pra tocar na “festa” do prefeito eleito) foi o “Off The Wall”, do Michael Jackson (1979), que costumo usar como referência na hora de alinhar o P.A. (som).

Marcia, sumí mas estou de volta! Vou dar mais uma escutadinha e volto (continuo) a comentar as faixas do Cd. Ontem comprei 3 Cds (Uma coletânea do Roupa Nova, o “Genius Loves Company” do Ray Charles e o “Isn't It Romantic: The Standards Álbum” do Johnny Mathis. (puxa! Tem poucos meses que ele lançou um Cd e só agora é que comprei o de 2005!! Eu tava em falta com meu ídolo Johnny!!!) Foi por isso que ontem eu não vim aqui, mesmo já estando em casa (hehehe).




P.S.: Que legal ter a participação do João Renato (Nanau) aqui no Blog!!
Concordo com ele! A masterização ficou ótima. (ainda vou falar a respeito da mixagem e da masterização, depois de comentar todas as faixas). Pessoal, João Renato participou do Cd! Podem olhar na ficha técnica que aparece o nome dele lá, no estúdio Sol Maior, no Rio. No Cd Cenário e no DVD “Com Amor”, também!!!


Um abração!!!!

Marcia Tristao-Bennett disse...

Querido Marlos;

Que bom que voce reapareceu. Agora entendemos que voce sumiu porque estava viajando a trabalho!!

Seja bem-vindo novamente!

Pelo que entendi, voce adora musica americana tambem, nao? Johnny Mathis (soh agora comprou o de 2005???), Ray Charles (adoro ele tambem), Michael Jackson (off the wall - eh muito bom!) e tambem o do Roupa Nova (merece tambem ser prestigiado -adoro eles.) E para finalizar, ainda bem que voce jah adquiriu o do nosso maestro - e fez bonito - adquiriu para voce e jah presenteou tambem!!! Nota 10 para voce!

" P.S.: Que legal ter a participação do João Renato (Nanau) aqui no Blog!!
Concordo com ele! A masterização ficou ótima. (ainda vou falar a respeito da mixagem e da masterização, depois de comentar todas as faixas). Pessoal, João Renato participou do Cd! Podem olhar na ficha técnica que aparece o nome dele lá, no estúdio Sol Maior, no Rio. No Cd Cenário e no DVD “Com Amor”, também!!! ""

Isso aqui estah ficando muito bom!!! Marlos vai falar tambem sobre a mixagem e masterizacao!!!
Maravilha eh pouco!! Te aguardo, Marlos!

Eu jah tinha lido sobre a presenca ilustre aqui no nosso cantinho, mas nao tinha tido a chance de escrever. Eh uma alegria muito grande ver a presenca dos participantes da feitura do CD, vir aqui e deixar o seu recado!

Joao Renato:

Neste CD, "Jesus Cristo" e "Debaixo dos Caracois dos seus cabelos" ficaram simplesmente Divinas...fica ateh dificil para eu comentar porque o meu vocabulario jah estah se esgotando para falar sobre quao iluminado e inesquecivel este CD serah. Jah disse ao maestro, gosto de todos, mas este, na minha insignificante opiniao, eh o meu preferido. O Maestro, juntamente com voce na direcao e producao destas musicas, simplesmente nos levam ao extase, ou, nos levam " ao outro lado da vida " e ao termino da musica retornamos a esta vida terrena aqui. Falar de "Jesus Cristo" com aquela musica sacra, eh mesmo ir lah e voltar aqui. E "Debaixo dos caracois" voce jah deve ter lido os comentarios acima" .

Parabens e tenho que dizer que tenho muito orgulho de termos, aih no Brasil, musicos, produtores, diretores como voce! Voces nao deixam nada a dever para estes americanos aqui. Nao que eu esteja desmerecendo os americanos nao. Eles sao muito bons. Mas voces chegam muito e muito junto tambem!!!!!
Apareca mais vezes...o nosso Maestro Eduardo Lages....te agradece muito e sempre!!!!

Beijos Azuis!!!!!!!

A LITUANA DE SP CAPITAL disse...

..... " MAESTRO EDUARDO LAGES "...
CHEQUEI ATRASADA UNS 10 MINUTOS MAS ESTOU AQUI PARA PARABENIZA-LO PELO DIA DO COMPOSITOR ...A NET ME DEIXOU SEM INTERNET CHEGOU AGORA .(PASSEI SÓ NERVOSO HOJE).E POR SORTE NÃO CHEGUEI TÃO .............ATRASADA ..MAS COMO DISSE MUITO BEM O ARMINDO...... NÃO É MAL ACOSTUMADA É BEM ACOSTUMADA ..............FÃ É ASSIM O MAESTRO " FICA AUSENTE" PARECE MESMO............ UM MES hihihihihi assino o que vc falou Armindo coM todas as letras e como vc é muito inteligente na qual já comentei isso já percebeu hihihiihhi eu chamo sempre a presença dele mesmo com os milhões de compromissos QUE ELE TEM...faz falta o mestro concoRda com suas novidades ,suas fotos etc... ele no nosso cantinho ..mas deixo registrado também atrasado mais de coração ,parabens pelo seu dia como compositor e essa data seja sempre inspiradora de novas composições e arranjos etc...que faça a cada dia um dia de inspiração ao orquestrar com seu amigo rei ROBERTO CARLOS em sua lindissima carreira solo que só faz nós fãs cada vez mais me orgulhar do artista EDUARDO LAGES ....COMO é lindo o dom dos que tem de se expressar atraves da musica de compor ..no tocar ..coisas como o piano e outros instrumentos, que nos comuns não temos essas oportunidades enormes de se expressar como vcs artista do meio musical ( muito lindo ,vcs atraves da musica emociona o mundo todo .pois haja emoção entre vcs e os seus fãs meu DEUS ..obra de DEUS .
bjs
parabéns e estou no aguardo !! ok ARMINDO !!!!!!! FÃ É ASSIM ...a lituana é a pior hihihihihih ok vai se acostumando ..está bem !!! que eu sou assim mesmo . eu senti sua falta tb quando estava de ferias ... hihihihihih e postei isso a sua ausencia tb !
bjs
ao nosso maestro e a todos do blog e ao armindo.
da lituana de sp -capital

Carmen Augusta disse...

Querido Maestro,
mil desculpas, com a empolgação do meu presente, até esqueci do Dia do Compositor!Que vergonha!!!
Parabéns Maestro,de todo coração, embora com atraso.
Parabéns extensivos aos seus amigos e nossos também, Roberto, Erasmo, Paulo Sérgio(olha a audácia...(,enfim todos compositores que passarem por aqui.
Um grande abraço,
Carmen Augusta

Marlos Ribeiro Chambela disse...

Oi, Marcia!

Realmente, gosto muito de alguns nomes da música americana. Em especial, do Johnny Mathis, que sou fã de carteirinha mesmo, tanto quanto de Roberto Carlos.

Os discos do Michael Jackson, pra mim, principalmente o "Off The Wall" de 1979, o "Thriller" de 1982 e o "Bad" de 1987, talvez sejam minhas maiores referências de produção e mixagem. Acho que o Quincy Jones é o maior podutor do universo! (hehehehe) Tem também o Humberto Gatica... e muitos outros. (hehehe é difícil dizer qual eu gosto mais)

Do Ray Charles eu não tinha nada. Na verdade, eu conhecia muito pouco dele. Mas semana passada ouví esse Cd "Genius Loves Company" no site "Rádio UOL" e fiquei muito interessado em comprá-lo.

Do Johnny Mathis não tenho tantos discos quanto tenho do Roberto Carlos, mas à medida que for encontrando... pretendo ir comprando.

Na verdade, já nascí praticamente fã do Roberto. Só fui me interessar pela música do Johnny Mathis muito depois. Minha avó materna é que era apaixonada pelas músicas dele. Tinha vários discos mas meu avô não gostava, tinha ciúme, e deu um sumiço nos discos dela. Só bem depois de separada, quando eu tinha já uns 6 ou 7 anos de idade, é que ela ganhou uma coletânea do Johnny Mathis e eu fui conhecê-lo. Gostei muito mas continuava ouvindo praticamente só Roberto Carlos. Variava pouquíssimo. Aos poucos fui conhecendo mais discos dele e hoje talvez eu seja mais fã dele do que minha avó é. E cada vez que conheço mais do trabalho do Johnny (ainda não conheço todos os discos. Tá até meio longe de chegar lá) ele vai chegando mais perto do Roberto (hehehehe) Tá "por um nariz" de diferença!


Estou agora numa lan-house. À noite eu continuo, lá de casa, a comentar o CD Inesquecível. Aqui tá tocando um "Vitor e Léo" que tá meio difícil concentrar... (hehehe)

Abração!!!

Anônimo disse...

Nanau, que surpresa voce aqui no blog!!!eu tambem sou teu fã, Nanauzão.
Breve postarei aqui falando da ajuda que voce me dá nas gravações, como profissional e como amigo.
abração
Eduardo Lages

Marlos Ribeiro Chambela disse...

Oi, Marcia!

Realmente, gosto muito de alguns nomes da música americana. Em especial, do Johnny Mathis, que sou fã de carteirinha mesmo, tanto quanto de Roberto Carlos.

Os discos do Michael Jackson, pra mim, principalmente o "Off The Wall" de 1979, o "Thriller" de 1982 e o "Bad" de 1987, talvez sejam minhas maiores referências de produção e mixagem. Acho que o Quincy Jones é o maior podutor do universo! (hehehehe) Tem também o Humberto Gatica... e muitos outros. (hehehe é difícil dizer qual eu gosto mais)

Do Ray Charles eu não tinha nada. Na verdade, eu conhecia muito pouco dele. Mas semana passada ouví esse Cd "Genius Loves Company" no site "Rádio UOL" e fiquei muito interessado em comprá-lo.

Do Johnny Mathis não tenho tantos discos quanto tenho do Roberto Carlos, mas à medida que for encontrando... pretendo ir comprando.

Na verdade, já nascí praticamente fã do Roberto. Só fui me interessar pela música do Johnny Mathis muito depois. Minha avó materna é que era apaixonada pelas músicas dele. Tinha vários discos mas meu avô não gostava, tinha ciúme, e deu um sumiço nos discos dela. Só bem depois de separada, quando eu tinha já uns 6 ou 7 anos de idade, é que ela ganhou uma coletânea do Johnny Mathis e eu fui conhecê-lo. Gostei muito mas continuava ouvindo praticamente só Roberto Carlos. Variava pouquíssimo. Aos poucos fui conhecendo mais discos dele e hoje talvez eu seja mais fã dele do que minha avó é. E cada vez que conheço mais do trabalho do Johnny (ainda não conheço todos os discos. Tá até meio longe de chegar lá) ele vai chegando mais perto do Roberto (hehehehe) Tá "por um nariz" de diferença!


Estou agora numa lan-house. À noite eu continuo, lá de casa, a comentar o CD Inesquecível. Aqui tá tocando um "Sertanejo Universitário" que tá meio difícil concentrar... (achei que era "Vitor e Léo", mas é ainda uma imitação deles)(hehehe)

Abração!!!

Anônimo disse...

Marlos, depois tenho umas histórias pra te contar sobre o Johnny Mathis. Eu o conhecí pessoalmente.
Aguenta aí a dupla Vitor e Léo pelos quais tenho tambem algumas responsabilidades pois os trouxe de BH para São Paulo, fiz o primeiro CD deles, de forma amistosa, sem recursos, me sinto meio responsáveis por esses caras e orgulhoso por eles serem a "dupla do momento" no Brasil.
Tenho uma recordação triste dessa gravação pois eu estava com eles no estudio no momento da destruição do World Trade Center em New York.
Abraço
Eduardo lages

Marlos Ribeiro Chambela disse...

Ah, bicho!!
Acho que deve ser uma coletânea que tá tocando aqui! (rsrsrsrsrs)

De repente, pode ser até que fosse Vitor e Léo mesmo antes. Depois tocou outra dupla bem parecida, que só percebí quando eles falaram o nome (João Bosco e Vinícius). Agora já tá em Bruno e Morrone (esses, eu já gosto mais. Tenho até um Cd deles. Outras duplas modernas eu já não curto muito não)

Já Zezé di Camargo & Luciano, Chitãozinho & Xororó, Leonardo e Daniel, por exemplo, apresentam produção e arranjos que considero mais trabalhados.

Bem... Vou trabalhar que já estão me telefonando aqui...

Abração!! Até mais tarde!

Marcia Tristao-Bennett disse...

Marlos:

Todo este pessoal - Johnny Mathis, Ray Charles, Michael Jackson - sao excelentes mesmo. Apesar de que para mim, gostava de Michael Jackson quando ele era bem mais jovem...musicas tipo - Don't stop 'til you get enough...Jackson 5 adoro...
Divirta-se!

Johnny Mathis for you, Marlos:

http://www.youtube.com/watch?v=-lklNVS3jk8&feature=related

http://es.youtube.com/watch?v=Rz3rZCsgm8g&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=5yIWtXDYI7k

Ray Charles for you!!

http://www.youtube.com/watch?v=BDFCR0V46ho&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=Q8Tiz6INF7I&feature=related

Michael Jackson for you!

http://www.youtube.com/watch?v=uG5NhkxQJQc&feature=user

Curta bastante!!!


Maestro: Aguardamos suas historias sobre Johnny Mathis. Confesso que nao conheco estas duplas mais novas...Vitor e Leo...quer dizer que os dois sao suas crias....e pelo que disse fazem sucesso aih...

Eh aquele dia 11 de Setembro, foi um dia e tanto. Me lembro que uma amiga da minha mae que na epoca, trabalhava no consulado americano aih no Rio, ligou para minha mae, para ela me ligar aqui e saber se eu estava bem... minha mae me liga, e eu ainda nao sabia de nada, ainda me lembro dizendo para acalma-la...isso eh lah em Nova York, nao eh aqui. Eu estou do outro lado..ela se conformou. Deixa estar que eu fiquei aflita por que ninguem sabia do que se tratava...E Greg, meu marido, me ligando na outra linha, para me dizer, liga a televisao, que um acidente horrivel estah acontecendo em NY. Quando liguei a televisao o segundo aviao colidia com a torre...foi horrivel...parecia filme de Hollywood...nao sabia se era filme ou realidade....passei o dia ligada na televisao e assustada se algo ainda iria acontecer na outra ponta do pais...aqui conosco...

Por isto sempre digo, quem eh que vive sem musica, mediante ao caos diario em que a humanidade caminha! Soh a musica, para embelezar nossos dias!!

Beijos azuis!!!!!!!!

Carmen Augusta disse...

Maestro e Marlos,
gostei desse papo de vocês a lá MSN...
Maestro se não me engano ouvi lá na academia que Vitor e Léo, vêem aqui...Não conheço,e agora me interessei por saber que são cria sua.
E vamos esperar a história sobre Johnny Mathis.
Um abraço para vocês,
Carmen Augusta

Anônimo disse...

Amigos, não criei a dupla "Vitor e Leo". Apenas ajudei-os trazendo de BH para SP, apresentei-os para amigos diretores de gravadora, e fiz o primeiro CD deles nos meus momentos livres apenas por acreditar no talento da dupla. Já há tempos que não os vejo e falamos algumas vezes pelo telefone.
Eduardo Lages

Anônimo disse...

Com relação ao pianista Richard Clayderman, o conhecí no mes passado num show no Rio de Janeiro, foi simpático e atencioso comigo e de repente ficamos amigos trocando emails mas não tenho os CDs dele pois tenho outras preferências musicais apesar de considerá-lo um fenômeno de vendas no mundo todo. Claro que o respeito muito por isso e pela cordialidade com que me recebeu.
Eduardo Lages

A LITUANA DE SP CAPITAL disse...

MAESTRO ......
ASSISTI O DVD DO SHOW DO REI IN VIVO ESTÁ LINDISSIMO ONDE O SHOW NO ZITT OPEN HOUSE ESTAVA LINDISSIMO COM SUA PRESENÇA INICIAL NO DVD ..E COM AQUELA MUSICA TRADICONAL QUE SEMPRE VOCÊ TOCA COM A ORQUESTRA ELA NA ENTRADA DE TODOS OS SHOWS..ASSIM QUE O REI ESTÁ PARA ENTRAR NO PALCO ,FOI REALMENTE O SHOW !!!!!
ESTAVA TUDO PERFEITO .!!!!!!!!!
O REI VC MAESTRO NOSSA DEMAIS...PARA OS OUVIDOS, OLHOS E ALMA hihihihihi nossa como não estava lá obvio..... gostei da casa linda !!!! muito grande ,adorei tudo .
as musicas todas maravilhosas o maestro impecavel reamente que belo dvd do nosso rei Roberto Carlos E ATRAS DE SUCESSO DE UM SHOW e dos demais.................................. tem muita gente .... MAS GOSTARIA de salientar MAIS as pessoas que estão mais em contato com o MAESTRO .DURANTE UM SHOW NO PALCO
como arranjador e maestro o nosso maravilhoso maestro Eduardo Lages ...E TODOS QUE AJUDAM A FAZER A DIFERENÇA NO SHOW DO REI ROBERTO CARLOS COMO gostaria de parabeniza-lo todos que os conheci pelo dvd .
adorei todos eles ....mesmo pelo DVD que belo trabalho deles ..
como Tutuca ( sorriso lindo ,muito sorridente o tutuca )
WANDERLEY
Paulinho
Darcio
o CLECIO
DIRONIR
NAHOL
JORDE
NORIVAL
LUIS CARLOS E OUTROS ... QUE FIZERÃO O SHOW FICAR MARAVILHOSO E PELO DVD DEU PARA VER BEM ELES TOCANDO hummmmmm que maravilha Eles no instrumento vc regendo maestro e o rei cantando ,nosso foi muito bom .valeu e que orgulho de vcs todos
bjs da lituana e manda se tiver condições e lembrar aos colegas que mencionei que adorei todos eles apesar de eles nem saber que eu existio ... mas eu ....... existo e sei como eles existem e do talentos deles o seu nem precisa dizer né maestro !!!!! ...encantador .....!!! hhihhihihihihi e a voz do rei estava perfeita ou seja a qualidade do som melhorou muito observei nossa está muito bom ... quem comprar não vai se arrepender ... mesmoooooo
bom
bjs maestro estou congelando em são paulo de frio hihihiihih mas espero que melhore esse frio ... que detesto frio .. amo o calor . !
e bjs
da lituana de sp-capital
adorei suas postagens direcionadas aos amigos do blog e seu retorno .hihihihihihi isso é muito bom ..mesmo ! viu ARMINDO !!!!ele voltou ..hihihihihihi adorei .
com o maestro no blog faz toda a diferença .hihhihihiihihihih

Marlos Chambela disse...

Oi, Eduardo e amigos do blog!

Agora estou aqui em casa, mais tranquilo agora, com o "Inesquecível" no fone de ouvido! (hehehehehe)

Márcia, "Don't Stop 'Til You Get Enough" é justamente desse disco "Off The Wall", de 1979. Quer dizer... Tem nesse disco. Se já existia antes, com os Jackson5, eu não sei.

Sobre a dupla Vitor e Léo, na verdade eu não sou muito fã do estilo deles não mas já fui num show deles, porque minha namorada adora eles, também a dupla Cezar Menotti & Fabiano... No fundo, gostei muito da produção de palco e luzes (hehehe). Mais do "visual" do que do "musical".

Mas, Marcia, pra você que está mais longe e não conhece eles, vou te dar uma idéia. Não se tratam de novas duplas no mesmo estilo de Zezé di Camargo, Leonardo ou Xororó. São duplas que têm um estilo de sertanejo um pouco mais moderno, meio com cara de "barzinho", mais "acústicos", em que normalmente usam mais violões do que quaisquer outros instrumentos. Sem muitos arranjos, cordas, etc. Mais "basicos". Geralmente "agitam" mais as platéias e são chamados de "sertanejo universitário" por agradar muito a um público mais jovem, normalmente na faixa etária de universitários. Em relação ao estilo vocal, eu até acho alguns melhores do que alguns sertanejos antigos, por alguns terem vozes menos agudas. Mas os arranjos dos sertanejos dos anos 80 e 90 são bem melhores e, pra mim, acabam somando mais.

Bem... Foi só mesmo pra você ter uma idéia de que é um estilo novo. Mas não vou prolongar mais esse assunto (hehehe)
Temos assuntos pendentes! (rsrsrsrs)

Vamos continuar...

Marlos Chambela disse...

Peraí, só um instante, que eu tô escrevendo...

(rsrsrsrrsrsrs)

Marcia Tristao-Bennett disse...

Marlos:

Eh isso mesmo - Dont stop Til you get enough eh deste mesmo disco...nao tinha antes nao...acho que o que quiz dizer eh que era mais chegada a ele nos anos 80, 90...mas ainda assim ele mais recentemente tem musicas com um ritmo muito bom, como esta que mencionamos..Bad por exemplo jah nao faz muito meu estilo...jah eh mais para a garotada jovem!


Voce soh fala nome de dupla que nao ouvi nunca falar...Cezar Menotti e Fabiano...pelo jeito que voce fala..sao populares aih...mas tudo bem...e obrigada por me dar uma ideia do que estas duplas fazem...voltando a vaca fria...

Marlos, peraih que estou escrevendo...eh otimo!!!!! rsrsrsrsrs..adorei!!!!!!

Marcia Tristao-Bennett disse...

Marlos:

Escrevi as datas erradas ...Jackson5 - final de 69/70...por aih...Ben, I'll be there...sao lindissimas...e eles eram tao jovenzinhos....


Beijos azuis!!!!!!!!!!!

Marlos Chambela disse...

"O CALHAMBEQUE (ROAD HOG)"

Acho muito interessante essa sonoridade do Glenn Miller. Você, Eduardo, conseguiu reproduzir isso de maneira fiel. Não entendo muito bem o que é que ele fazia... Parece que misturava metais com palhetas... mas não parece ser de uma forma muito convencional.

O "walking bass", o baixo que parece que vai "andando" pelas escalas, dá um charme especial nas músicas desse estilo. E no seu calhambeque, ele andou muito bem, sem passar por caminhos tão difícieis de entender. (acontece que alguns músicos gostam de incrementar esse "passeio" e vira uma notarréia tortuosa - hehhehe)

A busina do calhambeque, com surdina, o tímbre da bateria (que aqui está perfeito) e a maneira de tocá-la, assim como o som da guitarra, que está baixinho, quase lá no fundo, ficaram ótimos.

A mixagem dela também foi uma das melhores, por reproduzir um clima antigo, porém com a qualidade de som que não existia naquela época.

Fiquei procurando o que dizer sobre ela... Na verdade, não há muito o que comentar. Ficou "Glenn Miller". Quer comparação melhor que essa??

Abração!!!!

Marlos Chambela disse...

Demorei bem mais do que esperava, pra escrever (hehehe)

Foi porque lembrei que tinha ficado de telefonar pra minha mãe, e já tava na hora dela dormir... Parei de escrever e liguei. Semana que vem (ou na outra) devo ira ao Rio de Janeiro, passar uns dias com ela.

Abração!!!

Marlos Chambela disse...

INTRODUÇÃO DA "Eu Preciso de Você"

Merece um tópico só pra ela.

Uma melodia linda, que vale muito, mas muito mais do que só uma introdução pra outra música!

Quando ouço o Cd, no momento em que ele chega na faixa 8, o botão "<", que volta pro início da faixa, recebe um aperto sempre que chega aos 30 segundos, várias vezes repetidas... (hehehe)

Imagino essa melodia como a parte final de uma música sua, Eduardo, no momento em que já passou do refrão e volta pra terminar a letra, repetindo quase a mesma melodia do início mas com uma finalização diferente. Depois disso, o solo de sax (viajei agora, heim!) e o refrão de novo!

Já pedí e repito: Eduardo, complete as demais partes dessa música e peça ao Paulo Sério Valle pra colocar letra!!! Não a deixe só na introdução!! Vai ficar ainda mais bonito do que "Assunto Predileto" e "Olhando Estrelas"! E olha que essas músicas são muito lindas!

Abração!

Anônimo disse...

meu maestro querido e todos nos!!!!!!!!!vou ganhar seu cd da minha filha..........tenho certeza que vou amar seus arranjos ja que as musicas são conhecidas....neste seu cd...o que vale sempre e seu arranjo maravilhoso...de musicas que ja conhecemos.......mas voce da seu toque de midas!!!!!!deve estar maravilhoso!!!!!!!sucesso e mais sucesso...ate por que não tem erro gravar musicas do meu lindo!!!!!!!!!sucesso

Marlos Chambela disse...

"EU PRECISO DE VOCÊ"

Uma das músicas mais bonitas já gravadas pelo Roberto Carlos. A música mais bonita composta por Roberto e Erasmo, na minha opinião. Uma das músicas mais românticas e mais bonitas já gravadas, na minha opinião, em toda a história da música, brasileira ou internacional.

Graças a Deus, até hoje nenhuma regravação me decepcionou. Mas não sei se existem outras regravações, além da feita por Maria Bethânia em 1993 (fantástica) e essa, intrumental, do Cd "Inesquecível" (melhor ainda, apesar de não conter a letra!). Realmente, você tem rasão! Conseguir emocionar quem ouve, apenas com a melodia, sem a letra que é lindíssima, não é tarefa fácil. Mas você, Eduardo, conseguiu isso de uma forma fantástica!!!

A começar pela introdução, que já comentei, mas é sempre bom comentar de novo.

A melodia começa sendo dedilhada de uma forma bem simples porém emocionante, com o piano sozinho. Depois entra apenas umas cordas, suaves, com notas longas, apenas "forrando" uma "cama" para sustentação da melodia que continua sendo executada de forma simples, pelo piano.

Interessante que, geralmente, quando termina uma estrofe sem bateria e baixo e essa base vai entrar logo em seguida, é costume usar uma virada de bateria ou uma "puxada" do baixo, no compasso anterior, anunciando que vão entrar os instrumentos de base... Mas nesse arranjo, não! A gente fica naquela espectativa (que já começa antes) de que "deveria" entrar bateria e baixo na próxima parte, mas quando vem chegando o refrão, não tem a tal virada que era previsível e a gente chega a pensar que vai continuar a música sem bateria. Mas ela entra, junto com o baixo, de surpresa! Quando a gente pensava que nem viria mais!

Nesse momento, a música que estava "vasia" (no bom sentido, pelo clima dela mesmo, só no piano com cordas ao fundo), ganha nova vida e força! O arranjo passa a "preencher", de repente, os ouvidos e a embalar a emoção do ouvinte, com a base presente e as cordas mais bonitas, agora fazendo não mais apenas uma "cama", mas uma melodia que "costura" com a principal, combinando de forma harmoniosa.

Depois do primeiro refrão, a base se suaviza um pouco mais, passando o baterista a tocar no aro da caixa, e o clima de suavidade se destaca ainda mais com o solo de violão. Mas logo depois volta para o refrão, que volta forte até quase no momento final, que termina fazendo lembrar um pouco o final de "O Portão".

Abração!!!

Anônimo disse...

Marlos, lendo os seus comentários chego a conclusão de que VOCE ESTÁ APAIXONADO !!!! hehehehe..
abração
Eduardo lages

Marlos Chambela disse...

Um eterno apaixonado, Eduardo! Um romântico incorrigível! (hehehe)

Mas... Também, ouvindo Johnny Mathis, Ray Charles, Roupa Nova e o seu Cd Inesquecível... Tinha que ficar assim mesmo!! (rsrsrrs)

Abração!!!

Marcia Tristao-Bennett disse...

Marlos:


O Calhambeque o que mais me impressionou, alem da musica toda, foi jah para o final quando a musica cresce e o maestro, regendo a orquestra, provavelmente fazia com a mao um sinal de forte -duas vezes, para os saxes fazerem bam bam, nao sei se me faco entender...talvez o melhor seja eu ver o tempo na musica. Gostei muito tambem da " andacao" " walking bass" escuto bem isto...e por final, no final mesmo, quando a musica vai terminando, lembra o " chattanooga cho cho " - " Pardon me boy, is this the chattanooga cho cho??? " Foi esta a intencao, maestro, no finalzinho? Achei lindo!!! Estah muito bem feita!

Voltando na " E por isso estou aqui" - tambem gostei muito quando voce, Maestro, faz aquela escalinha pra alcancar a outra estrofe... nao sei se tem algum nome especifico, esta passagem, tem Marlos? Sabe do que falo...


Eu preciso de voce ... como Marlos fala...eu tambem me encantei com essa sua introducao...o Marlos diz que o botao de rewind sempre recebe um apertao...jah ri muitooooooo, o meu qualquer hora quebra tambem...por que eu uso muito para poder decifrar todas estas belezas apontadas pelo Marlos em sua analise. A introducao eh muito charmosa mesmooooooooo!

Com relacao as cordas suaves forrando a cama...eu vejo como "entram em cena as cordas suaves se preparando para abracar a melodia" ou seja, segurar a melodia em pe, para dar forma a musica.
Acho lindo quando entram os outros instrumentos e a musica cresce, tem mais vida... tambem dah certo a minha figura mental?

Aprendi agora as expressoes - virada da bateria e a puxada do baixo...

" baterista tocar no aro da caixa "...que ouvido esse seu!!!!

Identifiquei tambem um pouquinho da musica " o portao "...muito rapidamente...quando se ve, jah foi...

Maestro, se fosse em outros tempos o Marlos estaria chutando o balde??? Agora parece que estah apaixonado? Tambem ouvindo o que estah ouvindo, nao fica dificil se apaixonar...sua namorada eh que deve estar gostando, nao?

Estou aprendendo muito aqui....
Estah tudo muito azul....vamos mais!!!!!!!

Beijos azuis!!!!!!!!!!

CON disse...

Gente, adoro ler os comentários do Marlos, e sempre gosto muito quando o Maestro interage com ele, adoraria ver estes dois conversando!!!!
Eu fico bem caladinha, pois como já disse só ouço com o coração, meu ouvido para estes detalhes técnicos é "surdo"rsrsrsr
E Maestro não só o Marlos está apaixonado..."Nosso" CD inesquecível está me saindo um verdadeiro cupido, rsrsrs
Conversando com as "meninas"aqui do blog, descobri um ponto em comum a todas, nossos maridos, namorados, etc... estão cada vez mais românticos!!!
Continue Maestro, se a cada CD o romantismo imperar todos nós seremos mais felizes...Todos com um risinho bobo nos lábios e os olhinhos brilhando, brilhando!!!!
Tá bom demaissssss!!!


Beijos azuissssss

Diego Bachini Lima disse...

Maestro,
apenas hoje (9/10/08) pude comprar o seu cd em Friburgo mesmo (em Niterói, por causa da chuva não pude ir ao shoping). Fui até a loja e só tinha 1 CD!!!!!
Mal aguentei esperar, para ouvir...
E ao chegar em casa ouvi algo muito maior do que eu esperava... esperava um cd exelente como os outros 3... e ouvi um cd acima do exepcional!
Detalhes: tirei o solo pra violão, e é uma melodia simples, que repete muitas vezes. Quando começou: pensei 'como ele vai fazer pra não deicar a música ficar repetitiva?' não pasaram 5s e descobri... Um destaque pra cada estrofe, com um instrumento diferente...
Debaixo Dos Caracois Dos Seus Cabelos: Agora é certeza: ficou Incrível com esse ar meio de interior.
Vista A Roupa, Meu Bem: (Não Lembrava da virgula depois de roupa:P) preciso dizer? Além de não conseguir ficar com as pernas paradas (fiquei pulando e dançando) as mãos também não paravam...
Por Isso Corro Demais: O destaque pro piano primeiro depois pra guitara (ou violão não soube diferenciar bem o Timbre ainda) deu diferencial a música. Quando ela estava tocando minha mãe disse 'nossa essa está muito bonita'
Você Em Minha Vida: acho q é impressão minha só, mas me lembrei de músicas italianas, sua grandiosidade ao ouvir o seu início...
E Por Isso Estou Aqui: Senti uma emoção acima do normal... Leibrei do Roberto falando sobre a Jovem Guarda:'emoções alegres. Lagrimas Zero. E quando vinha eram azuis como nessa canção.' Parece Uma música de baile de mascaras Inglês muito romântico...
O Calhambeque (Road Hog): A música que sempre quis ouvir instrumental. É por causa dela que estou aqui hoje escrevendo sobre essas músicas. Foi O Calhambeque que me fez gostar de música... e das Roberto e Erasmo principalmente. Você conseguiu dar a ela um clima de anos 60 sem parecer uma gravação antiga, só o clima mesmo garçonete de patins, etc...
Eu Preciso De Você: Me passa um sentimento muito bom, uma alegria felicidade... Não sei porque

Costumes; Perdoa: São "A Hora Boa" do disco: músicas pra se dançar a dois, rosto colado... todas lindas...
Jovens Tardes de Domingo: Quem não conhece a original de 77 não entende o 'público' no início e no fim da música... Como eu tenho o lp de 77, eu entendo... Adorei ouvir, o clima que me pareceu de dança de salão...
Jesus Cristo: Ganhou em espirito... o ritmo dançante saiu para entrar um que dá um tom 'leve' a música...

Espero agora o próximo, se bem q não vou enjoar desse, pq é Insquecível;)

Fiz uma análise meio superficial, afinal só ouvi o cd 3 vezes...
Escrevo análise poética de músicas para um blog... Fazer a análise só da melodia, é muito mais difícil.

Maestro, quero agrader a atenção q deu aos meus outros dois coméntarios, muito obrigado mesmo!
Um Grande Abraço:
Diego Bachini Lima
obs.: pensei em colocar no mesmo post em que comentei da ultima vez: 'Aos ganhadores do "Concurso"', mas como não sabia se vc iria o ver, pois já está na segunda página, coloquei aqui mesmo... :)

Anônimo disse...

Valeu Diegão!!!
obrigado pelo seu comentário
um abraço
Eduardo lages

Marcia Tristao-Bennett disse...

Diego:

Muito boa sua analise, apesar de como voce mesmo falou, superficial, por somente ter ouvido o CD 3 vezes. Voce diz que faz analise poetica de musica...tem um endereco de blog para deixar aqui?

Como voce jah deve ter notado, talvez lendo minhas mensagens rasgadas, em uma tentativa de querer conversar com o Marlos sobre a area tecnica, gravacao, estudio, etc...mas muito me interesso por estas areas todas.


Maestro:

Mudando da agua para o vinho, ateh hoje nao escutei nada aqui sobre o show da Bossa Nova aqui. Serah que nao vao mostrar na Globo Internacional? Voce ouviu falar algo sobre isto? Puxa....

Beijos Azuis!!!!!!!

Diego Bachini Lima disse...

tá aqui Márcia
http://robertocarlos-internacional.blogspot.com/search/label/coluna%20do%20Diego
Gostaria só de lembrar q sou so colaborador do blog, e que o restante de seu conteudo não está sobre minha responsabilidade 0K?

Diego Bachini Lima disse...

ah é: hoje tem nova coluna: 'Como é grande o meu amor por você' as 18h
e dia 26 a primeira análise em espanhol...